Pedidos de emissão emergencial de RG chegam a 32 mil

Principais casos são de pessoas que precisam do documento para receber auxílios do Governo Federal

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) está trabalhando na confecção de carteiras de identidade para casos emergenciais durante a pandemia da Covid-19. Desde 23 de março até o último dia útil de maio (29) foram realizados cerca de 32 mil atendimentos em todo o Estado. Os casos mais recorrentes são de pessoas que solicitam o documento para que possam receber o auxílio emergencial do Governo Federal.    

Segundo  a secretaria de Segurança Pública do Paraná, desde início do isolamento social, foram solicitadas, aproximadamente, 13 mil carteiras de identidade ao Instituto de Identificação da PCPR. Também foram entregues cerca de 19 mil RGs.  

Atendimento – Os agendamentos relacionados à carteira de identidade pela internet estão temporariamente suspensos em razão das medidas de prevenção adotadas contra o novo coronavírus. Portanto, os casos tratados como emergenciais são atendidos diretamente nos Postos de Identificação da PCPR, sem a necessidade de agendamento prévio.

Casos Emergenciais – Os casos de emissão de RG tratados com urgência pela Polícia Civil são: retirada de medicamentos em farmácia, internação hospitalar, contratação para trabalho, viagem a trabalho ou em situação de saúde, furto ou roubo do documento e para operações financeiras, entre outros.

Além disso, a PCPR também considera urgente os casos de pessoas que pediram o auxílio emergencial do Governo Federal, já que a Caixa Econômica passou a exigir o documento com foto para a comprovação da identidade.  

O cidadão que precise de atendimento deverá comparecer ao Posto de Identificação da PCPR de sua região, obrigatoriamente utilizando máscara e respeitando as recomendações de distanciamento social. Também é necessário apresentar documentos que comprovem a urgência do serviço.

 Mais informações no site da PCPR