Requião: “Nem a pau, Juvenal”!

Em entrevista ao blog do jornalista Esmael Morais, no domingo (6), o senador, quando perguntado a respeito de uma possível união com seu antigo desafeto, Orlando Pessuti, foi enfático: ‘nem a pau, Juvenal’!

O ex-governador diz que não precisa de Pessuti para aprovar a candidatura própria. Segundo ele, 90% dos convencionais deverão sancionar o projeto pelo retorno do partido ao Palácio Iguaçu. O senador garante que desta vez não vai errar na escolha do vice.

‘O MDB de guerra tem raízes na resistência. O partido está vivo. Nós vamos ter candidato, garantiu.
O senador deverá registrar, ainda esta semana, no PMDB do Paraná sua pré-candidatura ao governo do Estado, deixando, de vez, o sonho louco de ser presidente.