Política  

Em Guarapuava, Artagão Júnior se reúne com vereadores e o prefeito Cesar Filho

Fotos: Assessoria

O secretário da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos, deputado Artagão Júnior, esteve em Guarapuava na última semana para agendas de trabalho. Na Câmara de Vereadores, onde estava sendo realizada sessão extraordinária, recebeu demandas e solicitações de recursos por parte dos legisladores municipais. Artagão Júnior também se reuniu com o prefeito Cesar Silvestri Filho, quando foram discutidas parcerias com o governo do Estado a serem trabalhadas este ano e a finalização do processo de doação do terreno para a construção do Centro de Socioeducação (Cense).  O secretário disse ser muito construtiva esta aproximação dos gestores públicos para ouvir sugestões e críticas. “Sempre é bom lembrar que a maior obra de edificação civil do Paraná está acontecendo em Guarapuava, com o novo Hospital Regional, que vai atender pacientes de mais de 40 cidades. Onde vão atual cerca de 1,3 mil profissionais”, lembra ele.

O secretário Artagão

Ele também cumpriu agenda com o prefeito Cesar Silvestri Filho

Questionado sobre sua atuação junto a secretaria de Justiça e Trabalho, Artagão foi enfático em afirmar que está sendo um aprendizado importante. “Estou no 4º mandato como parlamentar e até então não tinha a experiência de comandar uma secretaria de Estado. Isso facilitou um bom relacionamento com a própria equipe de governo. Como também na liberação de recursos e demandas aos municípios de todo o Estado”, salientou.  A secretaria tem uma atuação forte e ampla em ações governamentais. Entre as atividades estão a administração do sistema penitenciário, nas áreas da proteção, defesa, educação e orientação ao consumidor, na defesa dos direitos da cidadania e da pessoa portadora de deficiência e prestar assistência judiciária gratuita aos necessitados. Como também de estabelecer diretrizes e propor a política estadual de prevenção, de repressão e de fiscalização do uso de entorpecentes, à preservação dos direitos humanos e sociais e garantir as liberdades individuais e coletivas, bem como a ordem social e manter relacionamento administrativo com os órgãos da Justiça, integração com o Governo Federal sobre matéria de aplicação de Justiça, entre outras atividades correlatas.

Cadeião de Guarapuava

O secretário comentou sobre o atual sistema carcerário de Guarapuava, com as constantes fugas e rebeliões no Cadeião. “Desativar o Cadeião é um anseio e mais que uma necessidade para Guarapuava. O local vem criando expectativas não tão agradável para população, estamos trabalhando juntamente com o prefeito Cesar Filho, secretário Vagner Mesquita e os demais deputados de transferir a Cadeia Pública próxima a penitenciária. Com isso a 16ª DP poderá fazer um trabalho de delegacia cidadã”, explicou Artagão.