Meio-Ambiente

“Seja amigo da natureza, descarte correto”

Mostra Sobre Reciclagem de Resíduos Sólidos revela a preocupação de estudantes com o meio ambiente
Trabalho de alunos mostra como reaproveitar embalagens longa vida (Foto: Luca Soares)

O projeto, promovido pelo Sindicato das Escolas Particulares do Paraná (Sinepe) e pela Regional Central – Guarapuava, contou com a participação das escolas Aldeia do Sol e Santa Terezinha do Menino Jesus, e dos colégios Aliança e Guairacá.

Com o tema “Seja amigo da natureza, descarte correto”, a instalação mostra a consciência, que muita gente grande não tem, e a preocupação de crianças e adolescentes com o futuro do planeta.

Na mostra, que teve como parceiros a Secretaria de Meio Ambiente de Guarapuava, Brasil Sem Frestas Guarapuava, GRT Reciclagem de Óleo Vegetal Guarapuava, cartazes, dança, poesias, maquetes, desenhos, vídeos são as atividades que estão sendo expostas.

Escola Aldeia do Sol – Os temas desenvolvidos pela Aldeia do Sol, que mostram toda sensibilidade da garotada em relação ao descarte de materiais, foram sustentabilidade e reutilização de resíduos sólidos, com o revestimento da casa da Arara Blue com caixas de leite. Sustentabilidade na produção de energia: utilizando o exercício físico por meio de pedaladas, os meninos criaram uma bicicleta que produz energia para carregar bateria de celular.

Descarte correto e a vida do catador de lixo. Inspirados pelo livro Carolina Maria de Jesus “O quarto de despejo” e visita na Cooperativa de Reciclagem de Guarapuava os alunos compararam a realidade com a história apresentada na obra literária escrita por uma catadora.

Escola Santa Terezinha do Menino Jesus – Já a escola Santa Terezinha, na esteira de um projeto nacional e relevante, faz a apresentação do Projeto Brasil sem Frestas, que revestes casas de famílias carentes com caixas de leite.

Colégio Aliança – A meninada do Aliança, pensando no futuro do meio ambiente, desenvolveu Projetos de sustentabilidade. Um exemplo para os adultos, de conscientização, e para os governantes na hora de desenvolverem políticas públicas voltadas ao desenvolvimento sustentável.

Colégio Guairacá – Com a diversidade de maquetes, danças, vídeos e poesias os alunos do Guairacá falam sobre um tema cada vez mais atual, a reutilização de resíduos sólidos. A garotada sabe que, se continuarmos produzindo lixo em excesso, sem dar um destino certo ao material de rejeito, gerado pelo alto consumo,

Segundo a organização da mostra, o trabalho cultural teve como objetivos promover a educação ambiental, os cuidados com a natureza, o descarte correto e a reciclagem de resíduos sólidos e líquidos (óleo vegetal), despertando nesta geração o cuidado e a responsabilidade com o Meio Ambiente. Sem dúvida, um belo trabalho.

É fundamental que as gerações mais novas tomem, cada vez mais, a frente de projetos que vislumbrem a implantação de um desenvolvimento sustentável o mais amplo e rápido possível, pois, se deixarmos na mão dos atuais agentes (públicos e comunitários), talvez não tenhamos mais com o que se preocupar, haja vista que nem planeta mais nós iremos ter.

Abaixo, selecionamos três, de muitas, cartinhas escritas pelos estudantes que participaram do projeto. Eles dão uma aula de consciência coletiva.