Economia  

ACIG abre processo eleitoral para escolha da nova diretoria

FOTO. Divulgação

Rudival Kasczuk destaca ações e projetos desenvolvidos sob sua gestão

Uma das mais importantes associações comerciais do Centro-Oeste do Paraná, à Associação Comercial e Empresarial de Guarapuava (ACIG), publicou edital de convocação para processo eleitoral, que vai escolher o novo presidente e diretoria e conselhos da entidade na gestão 2018-2020. Falando ao Jornal Extra Guarapuava, Rudival Kasczuk, fez um balanço final sobre as principais ações desenvolvidas pela administração 2016/2018.

De acordo com o empresário, desde 2016, Guarapuava está num processo de desenvolvimento social, cultural e econômico. “Acig esteve envolvida de alguma forma na implementação de voos comerciais no aeroporto de Guarapuava, a duplicação da BR 277, o projeto Cidade dos Lagos, o curso de Medicina, a construção do Hospital Regional e Hospital do Câncer e a ampliação das universidades UTFPR e Unicentro. Além de outras ações na capacitação e apoio ao setor comercial”, argumenta Rudival.

Destacando que a associação atuou como porta-voz de seus quase 900 associados. Para o presidente da entidade, a gestão 2016-2018 buscou aproximar-se ainda mais dos empresários (de todos os setores) e do campo político, no sentido de estruturar os interesses de crescimento econômico da cidade em uma mesma direção. Assim, para Kasczuk, uma das características da atual administração é o posicionamento político bem definido. “A associação participou da política. Nós tivemos um posicionamento, não ficamos em cima do muro. Tanto é que nós temos um conselho constituído dentro da Associação Comercial, onde nenhum de nossos diretores faz parte de partido político ou tem vínculo político, mas nós discutimos muito a política aqui dentro. Para podermos cobrar, temos que ter a nossa opinião”, explica.

Harmonia e articulação

Rudival lembra algumas das ações de sua administração que demonstram a articulação da ACIG na reivindicação e auxiliam melhorias no âmbito municipal, na aproximação como o poder público municipal e também com os deputados. A diretoria da Acig atuou também na ajuda aos pequenos produtores fornecedores da merenda escolar, apoio a Lava Jato, acompanhamento das obras feitas no centro da cidade, revitalização da Avenida Saldanha Marinho, posicionamento ao Projeto de Lei 52/2017 referente aos valores das diárias dos servidores públicos, pautas de votações na Câmara de vereadores de interesse dos guarapuavanos, como também nos assuntos relacionados à Ferroeste e a revitalização do aeroporto da cidade.

Shopping Cidade dos Lagos

 Além disso, ocorreram muitas ações dentro dos núcleos da entidade, com a organização de eventos que movimentaram a classe empresarial guarapuavana, tais como a Feira de Negócios e o Prêmio Mérito Empresarial. Por todas estas realizações dos últimos dois anos, Kasczuk acredita que além de tomar decisões pela entidade, também aprendeu muito com os parceiros empresários. “O que é mais fantástico nisso tudo é ter empresários bem conceituados trabalhando com você. A gente vai aprendendo como os outros empresários pensam, qual é a metodologia que eles aplicam em suas empresas. Essa troca de informações é muito rica”, conta.

Rudival comentou da visita técnica feita pelos empresários a novas instalações do Shopping Cidade dos Lagos, onde tiveram a oportunidade de visualizar a grandiosidade do novo empreendimento. “Nós conhecemos todo o espaço e acompanhamos o andamento das obras. É notável a qualidade de todo o projeto, tanto a estrutura quanto as instalações. O shopping vem somar ao nosso comércio guarapuavano, por isso estamos motivados”, contou. A inauguração do Shopping Cidade dos Lagos está prevista para o dia 26 de abril.

Por fim, o presidente deixou o convite para os associados participarem das eleições de 2018. “É importante participar para conhecer os empresários que estão entrando. Eu sempre digo: ‘Se você não participa como é que você vai cobrar?’. Venham participar para depois poder cobrar. É muito importante validar esses empresários que vão entrar, porque quanto mais votos a chapa tiver mais entusiasmo e mais comprometimento esses empresários terão diante da Associação”, conclui.