Juiz determina toque de recolher em Cantagalo, Goioxim e Virmond

Moradores dos municípios de Cantagalo, Goioxim e Virmond estão impedidos de circular entre 22h e 5h, a partir desta sexta feira (30) até domingo (02). O toque de recolher foi determinado pelo juiz eleitoral da Comarca de Cantagalo, Brian Frank, após o assassinato de Emílio Gervásio, ocorrido na tarde de ontem, quinta (29).

De acordo com o juiz, uma das causas da decisão é o “limitado contingente policial”. Os três municípios pertencem à Comarca de Cantagalo, e a medida é preventiva já que ânimos acirrados por conta da eleição nas cidades vizinhas coloca em risco a segurança da população.

Quem ficar fora de casa a partir do toque de recolher está sujeito a pena de três meses a um ano de detenção, além do pagamento de multa. A medida restritiva vale também para estabelecimentos comerciais que vendem bebida alcoólica, sob pena de multa de até R$ 5 mil. Quem desobedecer poderá responder ação penal por crime de desobediência.

Emílio Gervásio  foi morto a tiros quando entrava em sua caminhonete. O juiz Brian Frank disse que a polícia está investigando a causa do crime. Uma das linhas das investigações é que o assassinato por ter sido por causa de rixa antiga, já que a vítima tinha sido alvo de tentativa de homicídio em maio de 2016. Também não se descarta a possibilidade do crime ter conotação política. Entretanto, essa hipótese é considerada remota pela polícia.

About the author /


Extra

Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Newsletter

ASSINE O EXTRA