Cascavel encerra segundo dia de revezamento da tocha olímpica no Paraná

Terminou com uma grande festa em Cascavel o segundo dia do revezamento da tocha olímpica no Paraná. O símbolo das Olimpíadas chegou ao estado por Londrina, na noite da terça-feira (28). Ontem, percorreu outros três municípios, até chegar a Cascavel, onde pernoitou: Arapongas, Maringá e Campo Mourão.

Em Cascavel foram oito quilômetros de percurso, conduzida por 36 pessoas.

ROTEIRO

Pela manhã, a primeira parada foi em Arapongas. A cidade acordou bem cedo para mobilizar estudantes, atletas e vários segmentos artísticos, musicais e a população de uma maneira geral. A chama olímpica chegou ao município pela BR 369, em frente à igreja Santo Antônio, sendo recebida com grande festa por alunos de escolas municipais, estaduais e particulares, além de apresentação de fanfarras.

Ainda pela manhã, o revezamento chegou a Maringá. A Cidade Canção deu um show de organização. O roteiro traçado conduziu a tocha por locais de grande concentração de pessoas e próximo a instituições de ensino, incentivando a participação dos alunos para saudar o símbolo dos Jogos Olímpicos. A programação artística foi centralizada em dois pontos do percurso: no Centro de Convivência, entre a Catedral e a Prefeitura, e na Vila Olímpica, local da solenidade oficial.

À tarde, antes de seguir para o pernoite em Cascavel, o revezamento chegou a Campo Mourão. No município, milhares de pessoas foram para as ruas. A Praça São José, em especial, viu um dos mais bonitos espetáculos de revezamento até agora, segundo pessoas da organização dos Jogos Rio 2016.

 

 

Tagged with:     , , , ,

About the author /


Extra

Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Newsletter

ASSINE O EXTRA