Policial  

Após sequestro de caminhoneiro, PRF prende ladrões de carga em Curitiba

FOTO: PRF

Mantida refém por mais de seis horas, vítima reconheceu os dois presos como coautores do crime; carga foi quase toda recuperada

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu na última semana em Curitiba dois assaltantes que haviam sequestrado e mantido refém um caminhonheiro, durante mais de seis horas. Por volta de 14 horas, agentes da PRF que faziam ronda pela BR-376, no Contorno Sul de Curitiba, foram abordados por um caminhoneiro de 37 anos de idade que estava a pé, às margens da rodovia. Ele informou aos policiais que havia sido sequestrado no início da manhã, por volta de 7h30, e sua carreta bitrem, roubada. Ele havia acabado de ser libertado do cativeiro. Com informações sobre as características do veículo, os policiais rodoviários federais começaram então a fazer rondas pela região.

Nas imediações do quilômetro 589, os agentes da PRF avistaram a carreta bitrem. No interior dela havia um homem de 41 anos de idade, que foi preso em flagrante. Ele revelou que aguardava a chegada de um outro homem, em um automóvel Volkswagen Fox de cor prata, que instalaria um bloqueador de sinais no caminhão. Ambos pretendiam seguir viagem até Ponta Grossa com o caminhão roubado.

Minutos depois, enquanto a equipe da PRF aguardava de maneira oculta no local, o Fox se aproximou e estacionou ao lado do caminhão. Os agentes, que haviam deixado a viatura escondida em um posto de combustíveis nas proximidades, posicionaram-se então na frente do carro e ordenaram o desembarque imediato do motorista. Ele, porém, arrancou em alta velocidade e acelerou na direção dos policiais, que quase foram atropelados. Após percorrer cerca de 200 metros, o homem, com 32 anos de idade, abandonou o carro e tentou fugir a pé, por uma área de mata. Após buscas, ele foi localizado e preso.

Bloqueador de sinal

Dentro do Fox havia miguelitos (pedaços de ferro entrelaçados para perfurar pneus) e um dispositivo bloqueador de sinal de rastreamento (jammer). A vítima reconheceu os dois presos como coautores dos crimes de roubo e sequestro. O caminhoneiro, que transportava uma carga de fertilizantes (ureia) no valor total de R$ 48 mil, saiu de Araucária (PR) e tinha Pedra Preta (MT) como destino. Ele contou aos agentes da PRF que, logo no início da viagem, foi abordado pelo mesmo Fox prata com a carreta em movimento. No momento da abordagem, os criminosos estavam em três e portavam pelo menos um revólver, que não foi encontrado. O motorista posicionou o carro na frente do caminhão, obrigando-o a parar. Então dois passageiros desceram e renderam o caminhoneiro, que foi mantido refém até pouco antes das 14 horas. Dos 37 volumes da carga de ureia, 36 foram recuperados pelos policiais rodoviários federais. Apenas um foi furtado. A PRF encaminhou a ocorrência à Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas, em Curitiba.