Cidadania

O respeito à diferença na abertura das Olimpíadas das APAEs

Superação é a palavra. sem ser clichê (Foto: Secretaria de Comunicação)   Por Jonas Laskouski   Num evento onde todos são vencedores e que enfatiza o respeito às diferenças, a FEAPAES (Federação Estadual das APAEs) abriu a XXI Olimpíadas Estaduais das APAEs, no último sábado (08), num Joaquinzão lindo de se ver (com informações da Secretaria de Comunicação).   Um dos espetáculos que encantaram o público (Foto: Secretaria de Comunicação)   O incrível clã Felchak, acompanhado de sua também incrível trupe, e os alunos da APAE Guarapuava fizeram da abertura um grande espetáculo, com danças, acrobacias e muita emoção. A apresentação girou em torno de uma estrelinha que se sentia excluída em meio ao universo, mas que tinha o fundamental para sentir-se melhor: amigos que a amavam. O espetáculo terminou com uma frase que passou a essência da noite:
"Aquela estrela que caiu do céu, caiu por algum motivo. Perfeita como é, por onde passar deixará sua luz. Mas isso, só se pode ver com o coração"
A presidente da APAE Guarapuava, Márcia Cristina Faria Nagase, ressaltou a importância de lutar por inclusão e políticas públicas para as APAEs. "Nós só temos a agradecer a todo o apoio para a realização deste evento em Guarapuava. Será marcante para todos", disse emocionada.   A diretora da APAE Guarapuava e o secretário de Esportes e Recreação, emocionados durante o evento (Foto: Secretaria de Comunicação)   Realizadas a cada três anos, as olimpíadas seguem até a quinta-feira (13). São cerca de 1.200 atletas e professores divididas em 25 delegações, que disputam diversas modalidades: atletismo, badmington, golf 7, futsal, futebol 7, natação, xadrez, tênis de mesa, capoeira, basquetebol e handebol. Os jogos estão acontecendo em vários espaços de Guarapuava.