Cultura

O inferno é aqui, em Guarapuava

O texto sagaz fala da dificuldade trazida pelos relacionamentos, especialmente aqueles forçados (Foto: Divulgação)   Jonas Laskouski   Em plena segunda-feira, uma das obras teatrais consagradas de Jean-Paul Sartre, e que tem  viajando pelo interior do Paraná durante o mês de setembro em uma iniciativa do Circuito Cultural do Sesi, chega a Guarapuava. O texto éHuis Clos (traduzido como Entre Quatro Paredes), com montagem e adaptação do diretor Enio Carvalho. O espetáculo revisita o clássico do dramaturgo e filósofo francês a fim de discutir questões extremamente atuais. A peça, que tem sido apresentada com entrada franca em 13 cidades do Estado, será apresentada nesta segunda, 24 de setembro. Huis Clos é uma peça escrita durante a Segunda Guerra Mundial, no ano de 1944. A obra é uma das marcas artísticas do pensamento existencialista de Sartre. O drama é representado em um ato, por três atores que interagem em um único ambiente durante todo o enredo: o inferno. No texto do filósofo, o cenário escolhido para a trama se difere da crença clássica cristã, sendo definido por um quarto fechado onde os três personagens principais devem conviver. O conflito da peça se instaura pelas diferenças gritantes entre os três mortos que acabam de adentrar ao inferno: uma burguesa, uma lésbica e um escritor frustrado. Uma das máximas do texto se encontra na fala do escritor que, em dado momento, afirma: o inferno são os outros.   De acordo com o diretor Enio Carvalho, a obra é um rico material para a discussão de graves e traumáticos problemas enfrentados pela sociedade atual. "A morte, os direitos individuais de manifestação, a liberdade sexual, questões religiosas, o comportamento social e suas reformulações e as atuações políticas. São colocadas em cena questões cruciais postas ao nosso enfrentamento opinativo dia a dia, conta ele.   O clássico de Sartre revisitado em uma excelente montagem (Foto: Divulgação)   Como espetáculo, a encenação tem seu grande trunfo na escolha de elenco, que traz nomes dos mais experientes do teatro curitibano, com a sintonia necessária para uma peça tão calcada no diálogo e nas reações a ele.   SERVIÇO O QUE: "Entre Quatro Paredes – Revisitando Sartre" QUANDO: Segunda-feira, 24 de setembro HORÁRIO: Às 20h (duração: 60 min) CLASSIFICAÇÃO: 14 anos QUANTO: Gratuito (contribuição voluntária de 1kg de alimento não perecível) ONDE: Teatro Sesi Guarapuava, na rua Coronel Lustosa, 1736 ATENÇÃO: Espaço sujeito a lotação (retirar ingresso com antecedência)