Saúde

Novo pronto-socorro dobra atendimento para 22 municípios do Centro-Sul

Ratinho Junior diz que 5ª Regional de Saúde vai se tornar um centro de excelência médica com o Pronto Socorro, Centro de Especialidades Médicas, Hospital Regional e Centro Oncológico
“Já são 106 anos atendendo a população. A estruturação e os novos setores hospitalar só acontece porque temos a compreensão e a benevolência dos nossos gestores públicos, dos amigos e parceiros desta entidade. Com o Pronto Socorro certamente estamos dobrando a capacidade física e a duplicação no atendimento”, provedor do hospital, Huberto José Limberger

O governador Carlos Massa Ratinho Júnior inaugurou na última quarta-feira (16) o novo pronto-socorro do Hospital São Vicente de Paulo, em Guarapuava. A nova estrutura agora tem capacidade para atender uma área que abrange 500 mil pessoas.

O novo pronto-socorro vai dobrar a capacidade de atendimento emergencial para 22 municípios do Centro-Sul do Estado, que abrangem 500 mil pessoas. Foi investido R$ 1 milhão da Secretaria de Estado da Saúde no convênio para repasse dos recursos e outras intervenções.

 

Serão oito novos leitos de urgência, três de emergência, sala de observação com seis cadeiras, três consultórios para atendimento especializado, uma sala de sutura ortopédica, uma sala de isolamento e a farmácia satélite, além de uma nova recepção para a população e as ambulâncias. O pronto-socorro já atendeu 27,9 mil pessoas neste ano, média de 3 mil por mês.

 

O governador destacou que os investimentos no Hospital São Vicente são parte de um planejamento para tornar Guarapuava um polo de referência na saúde no Estado. O Hospital Regional, que será entregue no prazo de seis a nove meses, e o Hospital do Câncer, que também recebe recursos estaduais, vão complementar essa iniciativa. “A ideia é descentralizar a saúde e Guarapuava tem esse potencial fantástico. Esse hospital quase centenário cuida de toda a região com muito zelo. Esses investimentos respeitam essa história do São Vicente”, afirmou Ratinho Junior.

 

Ele também citou que o Governo colabora com a elaboração de um consórcio municipal de saúde com as prefeituras da região. A estrutura é importante para diminuir os custos na área e na compra de medicamentos.

 

Segundo o secretário estadual de Saúde, Beto Preto, o pagamento do convênio com o São Vicente aconteceu neste ano como forma de complementar os esforços direcionados a toda a região Centro-Sul. “Também temos obras estruturantes importantes como o novo Hospital do Câncer, que vai receber R$ 7 milhões; o Hospital Regional, obra de R$ 55 milhões e mais R$ 20 milhões em equipamentos, além do centro de especialidades. Guarapuava se tornará um centro de excelência em várias áreas da medicina”, complementou.

MAIS INVESTIMENTOS

O prefeito César Silvestri Filho, disse que o convênio é resultado do trabalho integrado entre as administrações municipal e estadual, além da Assembleia Legislativa. “É um hospital que é acompanhado pela comunidade, tem um corpo diretivo com ampla participação social. O pronto-socorro é a porta de entrada de toda essa estrutura e precisava de uma intervenção”.

 

Silvestri acrescentou que o Hospital do Câncer, que integra os investimentos na cidade, será um polo de excelência em atendimento e pesquisa. Na cerimônia, o prefeito também autorizou o repasse municipal de R$ 12 milhões para a nova estrutura.

 

PERFIL

 O São Vicente de Paulo é um hospital filantrópico que atende urgências e emergências, mas também é referência para as altas complexidades de cardiologia, neurologia, oncologia e gestação de risco de toda a região Centro-Sul. Neste ano foram atendidas 104.934 pessoas, 45.855 apenas pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A estrutura conta com 578 funcionários.

A deputada estadual Cristina Silvestri disse na sua fala do engajamento da sua família para com o hospital. “Meu Esposo Cesar, enquanto deputado federal não mediu esforços na conquista de importantes recursos ao São Vicente. Isso também é reflexo de uma diretoria e colaboradores que colocam amor e comprometimento a esta causa”, disse Cristina Silvestri. 

O convênio com o Estado também prevê a reforma do Centro Cirúrgico, que passará de cinco para sete salas, e a adequação da Central de Resíduos, que já funciona e dá destinação adequada a cerca de 600 quilos de lixo hospitalar por mês – houve uma ampliação de 70 metros nessa área.

Já o deputado Artagão Junior comentou da última audiência na Casa Civil, onde o governo do Estado assumiu repassar para o Centro Oncológico R$ 5 milhões, via emenda parlamentar. “O atual governo do Estado assumiu o compromisso de liberar recursos para conclusão das obras e para compra de equipamentos. Não estamos falando em recursos, estamos falando em vidas e isso não tem preço”, destacou Artagão Junior.

  Muito emocionado o o provedor do hospital, Huberto José Limberger disse ter palavras para agradecer o engajamento todos em prol das melhorias da unidade hospitalar. “O antigo pronto-socorro estava ultrapassado. Essa nova estrutura dobra o espaço em todos os setores, o que possibilita atender melhor a população. Como somos porta aberta, atendemos todos os acidentados. Isso traz mais conforto aos pacientes e agilidade de atendimento, com prestação de serviço mais adequada”, afirmou Limberger.

 

PRESENÇAS

 Estiveram presentes o presidente da Câmara de Guarapuava, vereador João Napoleão; o presidente da Comissão Gestora do Hospital do Câncer, Odacir Antonelli; o diretor-presidente da Invest Paraná, Eduardo Bekin; os deputados estaduais Artagão Júnior e Cristina Silvestri; vereadores, prefeitos e lideranças da região.