Cidades

Material fresado melhora ruas e acessos as propriedades

Prefeita Mari conquistou junto ao DER mais de 900 m³ de material fresado de rejeito asfáltico
O material frisado deu um novo visual a comunidade do Diamante, Alto Dos Milagres e a Vila Sapolândia. Na foto a prefeita Mari com o vice-prefeito, Jacir Schadeck e moradores (Foto: Alam Diego)

Uma ação de máquinas e caminhões da prefeitura de Goioxim chamou atenção na última semana da população. Após audiências em Curitiba no Departamento de Estradas e Rodagem (DER), a prefeita Mari da Silva conquistou 900 m³, de material fresado (camada asfáltica granulada retirada na pavimentação de rodovias).  De acordo com a gestora esse material ajuda na melhoria das estradas, ruas e acessos a propriedades, diminuindo a poeira e o barro. “Uma ação simples, mas que pode fazer uma enorme diferença para população que precisa se deslocar diariamente. Além das benfeitorias, embeleza a comunidade ou bairro, dando assim uma melhor qualidade de vida a todos os moradores”, ressaltou Mari. Ela que esteve junto com o vice-prefeito Jacir Marcondes Schadeck acompanhando os trabalhos das máquinas na comunidade de Diamante.

   A equipe de viação e obras está realizando os trabalhos nos bairros do centro da cidade que estão sendo contempladas com esse material. Alto Dos Milagres e a Vila Sapolândia já receberam a benfeitoria e o resultado está sendo surpreendente, com aprovação da população. Objetivo da atual gestão é conquistar novo lotes de material fresado, para atender outras comunidades e bairros do município.

TRANSFORMAÇÕES

    O município vem passando por algumas transformações na parte estrutural e administrativa. A exemplo disso são as obras de alargamento de pista da PR 364, no trecho do perímetro urbano da cidade. De acordo a prefeita Mari, com as obras que estão acontecendo as transformações começam a ficar visíveis. “Além dos dois quilômetros de pavimentação no perímetro urbano da cidade, também executados os reparos de adequação em todo trecho até a BR 277”, explicou a gestora. Ela lembrou que melhorias na rodovia era uma reivindicação antiga da comunidade goioxiense. “Obras de asfalto são as que tem um custo maior ao setor público. Nosso objetivo é buscar junto ao governo do Estado e o DER os recursos necessários para fazermos o alargamento por completo de toda a rodovia. Com isso vamos ter mais segurança, menos acidentes e mortes”, reiterou.