Saúde

Gel de arnica, sebo de carneiro e Doutorzinho? Anvisa proíbe

"É só passar um Doutorzinho", diria nossa avó (Foto: Reprodução)   Da Redação  A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a fabricação, distribuição, divulgação, comercialização e o uso dos três produtos cosméticos da empresa Cristóvão Silvestre dos Santos, cujo nome fantasia é Cri Cosméticos. Os produtos suspensos são o gel suavizante de arnica 100g, gel para dores em geral tarja preta, sebo de carneiro extra e doutorzinho 250g. A decisão foi publicada nesta segunda-feira (30) no Diário Oficial da União (DOU).

De acordo com a Anvisa, a empresa não apresentava autorização para funcionamento e os produtos não tinham registro. Desta forma, a medida de interesse sanitário é válida para todo o território nacional e os itens deverão ser recolhidos de todo o mercado.

Além disso, os produtos eram vendidos sem comprovação da sua eficácia. O gel suavizante de arnica era indicado para câimbras, cólica menstrual e renal, dor de cabeça e garganta, dores musculares, além de estrias, celulite, sinusite e picadas de insetos. Já o sebo de carneiro extra era usado para alívio das sensações de fadiga corporal, enquanto o Doutorzinho também é popularmente utilizado para alívio de dores musculares e cansaço.