Geral

Evento abordará o turismo religioso em Guarapuava

Nos últimos anos, a administração municipal incentiva o turismo em Guarapuava por meio de projetos, apoio a ações e atividades, realização de eventos, entre outros. Os resultados começam a aparecer. Exemplo disso, é a escolha de Guarapuava para sediar o XV Congresso Internacional de Turismo Religioso Sustentável, nos dias 11 e 12 de julho de 2019. 
''Guarapuava vem se destacando cada vez mais no cenário turístico do Paraná e do Brasil. Agora com alcance internacional para se consolidar no turismo'. Em reunião com os representantes da Fundação do Turismo Religioso, Professor Ruben Moyano, da Argentina e Samoel Kozelinski, da Fundação São José de Ciências Humanas e Religiosas, no Brasil, apresentamos nossas ações e investimentos na área. Eles ficaram muito entusiasmados com a organização pública e privada do turismo e as condições de infraestrutura oferecidas aqui na nossa cidade, por isso fizeram a proposta para que Guarapuava possa sediar este grande evento, explica o prefeito em exercício, Itacir Vezzaro, que também é secretário de Obras e Turismo.
Guarapuava está estrategicamente localizada no principal entroncamento rodoferroviário do Paraná. Além disso, conta com um aeroporto, que vai funcionar com equipamentos em uma Estação Prestadora de Serviços de Telecomunicações e de Tráfego Aéreo (EPTA), a forma mais segura para se operar voos. A receita hoteleira do município é a 3ª maior do Paraná, além de ocupar a 5ª posição de melhores hospedagens pela plataforma AirBinb, no ranking Brasil. O Brasil é um dos países mais religiosos do mundo – com maior número de católicos – e o turismo religioso é um dos nichos de mercado que mais cresce. Juntamente com a religiosidade, os peregrinos que visitam o Brasil também encontram cenários naturais magníficos, culturas diversificadas, rica gastronomia e muitas outras opções de esporte, lazer e descanso. Será o primeiro evento internacional deste segmento na Região Serrana do Paraná e temos certeza que os guarapuavanos receberão de braços abertos todos os participantes brasileiros e estrangeiros, comenta o diretor da Secretaria de Turismo de Guarapuava, Marcio de Sequeira.
Guarapuavanos capacitados em Turismo Religioso No início de dezembro de 2018, um grupo de 30 guarapuavanos concluiu o curso gratuito, oferecido pelo Senac/Guarapuava, sobre turismo religioso. Segundo a coordenadora do projeto Caminhos da Fé, Leila Pires, o curso tem grande relevância porque a história de Guarapuava está enraizada na religiosidade. Os alunos conheceram mais sobre vários lugares como parques, comércio, não só as igrejas, mas também outras formas de turismo, além do religioso, tudo o que contribui para as pessoas receberem os turistas da melhor forma, comentou.
Turismo Religioso no Brasil Segundo dados do Ministério do Turismo, em 2017 o segmento movimentou no total, cerca de R$ 15 bilhões no país. E, de acordo com um relatório recente sobre o Turismo Religioso no Brasil, produzido pelo Sebrae de Santa Catarina, revela que o país tem mais de 300 destinos de turismo religioso. Juntos, esses destinos geram mais de R$ 20 milhões em receita com viagens por ano. Grande parte das atrações são ligadas ao cristianismo, mas existem opções para todas as religiões como para budistas, muçulmanos, espíritas, candomblé, entre outras. O Governo do Paraná decretou o ano de 2018 como o ano do Turismo Religioso e Guarapuava recebeu esse convite no final de novembro, consagrando o município como polo regional de médios e grandes eventos. Para encerrarmos o ano com chave de ouro, recebemos essa grande notícia. No próximo ano, teremos mais uma oportunidade para divulgar a nossa bela Guarapuava. É importante lembrar que eventos como esse também abrem espaço para geração de emprego e renda. Acreditamos também que teremos um aumento contínuo do fluxo de turistas durante o ano e aumento do tempo de permanência na cidade e na região, observa Marcio.
XV Congresso Internacional de Turismo Religioso Sustentável Realizado nos dias 11 e 12 de julho de 2019, o encontro pretende debater a importância do Turismo Religioso enquanto atividade econômica em comunidades que estão estruturadas para receber turistas de todo o mundo, além de tratar sobre o trabalho sustentável dentro de toda a cadeia turística. Serão apresentados ainda diversos estudos e propostas de aperfeiçoamento em regiões de potencial turístico religioso, um mercado que vem apresentando um crescimento significativo nos últimos anos.
https://youtu.be/rHN3mDniIgA Vídeo da divulgação e informações da Secom.