Esporte

Estudante de Guarapuava é medalhista panamericano

Brasil ficou em segundo lugar no quadro geral com 55 medalhas de ouro, 45 de prata e 71 de bronze, totalizando 171 medalhas
Estudante de Educação Física, da Unicentro, Victor Yonamine Mota, (terceiro da esquerda para direita) ficou com o bronze (Foto: Reprodução/Facebook)

O Brasil foi destaque nos Jogos Panamericanos, realizados em Lima, no Peru, com recorde de medalhas. O país ficou em segundo lugar no quadro geral com 55 medalhas de ouro, 45 e 71 de bronze, totalizando 171 medalhas.

Entre os medalhistas da delegação brasileira estão os integrantes da equipe de karatê, na modalidade kata. Um deles é o estudante de Educação Física da Unicentro Victor Yonamine Mota.

Victor pratica karatê desde os três anos e faz parte da seleção brasileira há 11. Para ele, o período de preparação para os Jogos Pan-americanos 2019 foi de muita confiança e esperança. “Nossa expectativa estava bem grande para o Pan, porque a gente estava treinando bem, a equipe estava bem formada. Então, a gente estava com bastante chance de chegar”, lembra.

O atleta e estudante do Cedeteg também recorda o espírito colaborativo entre a Unicentro e os senseis para que a preparação trouxesse os resultados esperados, já que a equipe formada por Victor e os companheiros Guilherme Silva e Lucas Santos, também foi campeã Sulamericana em 2019, antes de alcançar o pódio em Lima.

“Encerramos nossa participação nos Jogos Panamericanos com a medalha de Bronze! Estou extremamente feliz com esse resultado. Não foi fácil, mas sabemos que sempre conseguimos ir mais longe, e a caminhada é longa. Quero agradecer a todos que torceram por mim, por nós e por toda a equipe do Brasil nesse ano histórico”, declarou Vitor.