Sem categoria

Do Campo do Pavão ao CIE do Esporte

Hoje Guarapuava celebra uma grande conquista para a área do Esporte. Como historiador, me cabe resgatar a memória de como a cidade foi selecionada para receber um dos Centros de Iniciação ao Esporte (CIE) no Campo no Pavão. Com um investimento de mais de R$ 4 milhões de reais oriundos do Governo Federal, esse é o equipamento esportivo mais moderno e valioso das últimas décadas na cidade. Ainda em 2013, durante o governo da Presidenta Dilma Rousseff (PT), o Ministério do Esporte lançou o processo de seleção para as cidades interessadas em receber o CIE do Esporte, uma iniciativa de infraestrutura esportiva do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). Na ocasião, os municípios puderam escolher entre três modelos, conforme o tamanho do terreno disponível. Guarapuava optou pelo maior modelo deles. De acordo com o projeto, o Centro Esportivo seria "parte do objetivo de disseminar a prática do esporte em todo o País, oferecendo espaço para o desenvolvimento da base do esporte de alto rendimento e consiste em ginásios poliesportivos e outras estruturas que podem receber até 13 modalidades olímpicas, seis paraolímpicas e uma não-olímpica". O Campo do Pavão no Morro Alto foi escolhido como local, em virtude de estar inserido em área de vulnerabilidade social, não possuir equipamentos esportivos no entorno e principalmente porque um investimento desta envergadura mudaria a realidade daquela região da cidade. No fim daquele ano, o então ministro dos Esportes, Aldo Rebelo, anunciou os municípios selecionados para receber unidades. Foram mais de 800 propostas enviadas pelos municípios de todo o Brasil, onde somente pouco mais de 200 propostas foram selecionadas. Mas para que Guarapuava estivesse entre as contempladas tivemos importante papel não só na elaboração do projeto, mas em toda a articulação política. Atuamos na articulação política para sensibilizar o Ministro Aldo Rebelo, que à época era do PCdoB, para que Guarapuava fosse contemplada com um dos equipamentos. A cidade estava carente de espaços esportivos, inclusive porque havia perdido o Ginásio do Trianon, em decorrência da neve, em meados daquele ano. Cabe destacar que o início de todo este processo no município foi a partir de um contato do grupo local do PCdoB, coordenado por mim, através do então Assessor Especial do Ministério, Ricardo Gomyde. Em contato com o secretário municipal de Esportes e Recreação, Celso Góes, articulamos para que Guarapuava escolhesse um terreno e apresentasse uma proposta para concorrer ao processo de seleção. Inclusive foi um dos primeiros projetos que escrevemos no Departamento de Captação de Recursos assim que ingressei na prefeitura municipal, em 11 de março de 2013, juntamente com o professor Edson Pereira de Andrade, diretor na Secretaria de Esportes de Guarapuava na época. Do sonho a realidade Na sequência organizamos uma visita técnica ao Campo do Pavão, acompanhada por Gomyde, no dia 21 de maio do ano seguinte. A comunidade acompanhou a visita com uma visível ansiedade e desconfiança, pois há muitas décadas se prometia fazer algo no local, demanda sempre cobrada pelo morador Rozalino Ramos, uma liderança da comunidade. Finalmente, em junho de 2014 é assinado o contrato de repasse com a CAIXA e, em seguida, com a sondagem do solo, teve início a obra em 2015. Foram 6 anos desde a apresentação do projeto - em 2013 - até a conclusão e inauguração da obra, que será realizada hoje, 18 de abril, às 15h, com a presença do Ministro da Cidadania Osmar Terra. Sabemos e destacamos a importância do trabalho coletivo. Já dizia o poeta Raul Seixas: Sonho que se sonha só, é só um sonho que se sonha só. Mas sonho que se sonha junto é realidade.  Por isso, o CIE do Esporte Campo do Pavão é resultado do esforço de várias lideranças do PCdoB de Guarapuava e do Estado do Paraná, onde destaco Ricardo Gomyde, Joel Benin e o deputado federal Aliel Machado (PSB) que nos ajudou assim que assumiu o cargo em 2015. Dos servidores e servidoras da Prefeitura de Guarapuava, em especial ao Celso Góes, que era o Secretário de Esportes, ao Professor Edson Pereira de Andrade e do arquiteto e urbanista Ricardo Bavaresco Rodrigues, sem esquecer dos operários que foram os responsáveis por de fato construir este equipamento esportivo. Também não posso deixar de parabenizar a prefeitura de Guarapuava pela merecida homenagem ao grande Professor Antônio Carlos de Paula, mais conhecido como "De Paula" ,que foi meu professor no Colégio Estadual Ana Vanda Bassara, e que dará o nome ao CIE do Esporte do Campo do Pavão.   Lisandro Cesar Vieira Historiador, Ex. Diretor de Planejamento da prefeitura de Guarapuava 2013/2014, Assessor de Planejamento Deputado Federal Aliel Machado.