Esporte

Bituruna garante técnico do acesso para 2020

César Mandryk seguirá no comando do clube, agora na Série Prata
Aos 25 anos, o técnico César Mandryk colocou o Bituruna na Série Prata do Campeonato Paranaense de Futsal (Foto: Reprodução)

Em fevereiro, o Correio do Povo do Paraná mostrou os preparativos do Bituruna para a disputa da Série Bronze do Paranaense de Futsal. O elenco e a comissão técnica começaram a ser montados há menos de dois meses do início do estadual.

O técnico escolhido foi César Mandryk. Ele trabalha no clube desde sua fundação – 2015. Entre 2016 e 2017, comandou as categorias de base e foi auxiliar de preparador de goleiros da equipe profissional. No ano passado, foi promovido à titularidade como preparador. Já em 2019, com tempo curto, a diretoria resolveu apostar no jovem de 25 anos para comandar a equipe!

E se no futsal o trabalho minucioso é considerado o caminho mais certo para o sucesso, com o Bituruna a corrida contra o tempo acabou em final feliz. Depois de uma campanha estável na 1ª fase, a equipe embalou nos mata-matas. Nas quartas de final, conseguiu o acesso à Série Prata contra o favorito Itaipulândia, com direito a duas vitórias nos confrontos. Na semifinal, parou no Pinhão, mas nessa altura da competição a principal cobiça da temporada já estava garantida.

Para 2020, o Bituruna deve seguir com o mesmo treinador, pelo menos é que garante o vice-presidente, Alan dos Santos. “Não temos porque tira-lo do cargo. O César é um dos responsáseis pelo acesso e está no caminho certo. Ele permanece”.

Elenco para 2020

Com o fim das atividades profissionais de 2019 para o clube, o Bituruna planeja para as próximas semanas o início das tratativas de renovação de elenco e também para novas contratações. “Ainda estamos tramitando com nossos patrocinadores, pois a Série Prata exige um investimento maior. Ainda não definimos quem deve ficar do elenco de 2019”, afirmou Alan dos Santos.

“A intenção é manter boa parte do elenco. Pretendemos iniciar a pré-temporada no início de fevereiro. Quero fazer uma seletiva com atletas amadores, para captar talentos para o nosso time”, disse o técnico César Mandryk.