LG prepara lançamento de tablets de baixo custo

Aparelhos vão chegar ao mercado em agosto, com preços a partir de 600 reais

Em agosto, três novos tablets da fabricante sul-coreana LG chegam às lojas do Brasil. O modelo GPad de 8,3 polegadas, lançado em janeiro após um jejum de três anos da companhia, dividirá espaço nas prateleiras com modelos de 7, 8 e 10,1 polegadas. Os produtos tentam colocar a LG no radar dos consumidores que buscam opções mais acessíveis: os itens serão vendidos por R$599, R$799 e R$1.099,00, respectivamente. Até o momento, o único tablet da marca vendido no Brasil custa pouco mais de R$1.000,00.Os três novos modelos foram apresentados em maio. Eles possuem algumas características similares, como a tela com resolução HD, sistema operacional Android na versão 4.4 ou KitKat e processador Snapdragon 400 de 1,2 GHz com quatro núcleos.

Custo
O lançamento mostra que a LG está de olho no mercado de tablets de baixo custo, atualmente dominado por produtos fabricados na China com itens custando até R$1.000,00. De acordo com a consultoria IDC, esses produtos representaram 86% das vendas de tablets no Brasil ao longo do primeiro trimestre de 2014.

A opção mais barata da LG será o GPad de 7 polegadas. Embora seja similar às versões maiores do GPad, ele tem menos memória (8 GB) e sua câmera traseira tira fotos com menor qualidade (3 megapixels). Os dois modelos mais caros oferecem 16 GB de memória e também são equipados com câmera traseira de 5 megapixels, qualidade padrão no mercado de tablets. Eles têm conexão exclusiva por meio de redes Wi-Fi – uma versão do GPad de 8 polegadas com conexão 4G está a caminho, mas ainda não há previsão de lançamento.

Com a chegada dos três novos GPads, a LG terá quatro tablets à venda no mercado brasileiro. De acordo com Inhauser, o GPad de 8,3 polegadas não será recolhido, mas o preço será reduzido para se ajustar ao portfólio da empresa. O GPad 8.3 oferece maior qualidade de tela e melhor desempenho, se comparado aos novos modelos da LG.

Vendas
De acordo com a consultoria IDC, a venda de tablets no Brasil vai alcançar 11 milhões de unidades até o final de 2014. Isso deve representar um crescimento de 32% em relação ao ano passado, período em que foram vendidos 8,5 milhões de itens. Os tablets com Android dominam o mercado brasileiro, com presença em 95% dos aparelhos vendidos.

About the author /


Extra

Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Newsletter

ASSINE O EXTRA