Candidato do PHS, Sílvio Barros esteve em Guarapuava

Pleiteando uma vaga ao governo do Estado, maringaense reuniu-se com lideranças da cidade, apresentando seus projetos

Sílvio Barros, candidato ao governo do Estado do Paraná pelo PHS, esteve nesta sexta-feira (13) cumprindo agenda em Guarapuava, onde reuniu-se com o prefeito Cesar Filho, empresários na Associação Comercial e Empresarial de Guarapuava (Acig) e também com reitor da Universidade do Centro-Oeste do Paraná (Unicentro), Aldo Bona.

 

(Barros (centro), aspirante do Partido Humanista da Solidariedade ao Palácio do Iguaçu, posa com
representantes guarapuavanos da sigla. Foto: 
Rogério Bibiano/Jornal Extra Guarapuava)

Barros é o primeiro candidato oficialmente homologado via convenção partidária para a disputa do governo e dentro da sua perspectiva de campanha começa percorrendo as principais regiões do Estado, ouvindo lideranças de diversos segmentos, para elaboração do seu plano de governo. A candidatura do PHS ao governo do Estado ainda não apresentou um nome para vice-governador. Segundo o próprio Sílvio Barros, há espaço para alianças, no entanto, o candidato descartou qualquer hipótese de barganha por parte do partido, afirmando que a candidatura do PHS ao governo estadual irá até o final da disputa.

Na Acig, Sílvio Barros, foi questionado sobre a sua visão acerca da questão logísitca para o desenvolvimento de Guarapuava e região centro-oeste do Estado. “As demandas precisam ser feitas e alicerçadas a partir de um estudo do setor produtivo”. Com a experiência de quem participou ativamente do desenvolvimento de Maringá, Sílvio destacou justamente este fator, como um dos sucessos para o desenvolvimento da Cidade Canção, ressaltando que cada região do Paraná precisa saber o que a diferencia em relação a outras, para que a gama de investimentos no potencial de cada cidade, seja bem aproveitada.

"O interior precisa ter a partir do governo do Estado, uma estratégia de compensação, para que empresas sejam competitivas instalando-se no interior, caso contrário, de Ponta Grossa para baixo, a gente não consegue concorrer. Uma empresa precisa de segurança jurídica, ela não pode trabalhar em cima de uma compensação fiscal, que ela não sabe se vai durar no próximo governo. Na nossa óptica, dá para construir uma política de incentivos e compensações, desde que ela seja muito bem alicerçada", destacou o pré-candidato do PHS ao governo estadual.

Engenheiro Ambiental, Sílvio Barros também foi questionado sobre a sua posição em relação ao licenciamento ambiental e a necessidade energética. Barros foi categórico em afirmar que é importante municipalizar o licenciamento ambiental, para que o mesmo se torne o mais ágil. "É importante, e eu digo, porque passei por isso como prefeito, as prefeituras não estão preparadas para receber uma responsabilidade deste tamanho. O processo de preparação tem que começar e se solidificar em algum momento, acho que este é o primeiro investimento a ser feito com apoio do governo do Estado. A política pública na área de licenciamento ambiental não deveria estar para dizer sim, ou não, mas sim como se deve fazer", destacou Sílvio.

"A maior atenção que a gente deveria dar nesta eleição é para deputado federal, este é o cargo mais importante que está em jogo nesta eleição, pois todas as mudanças passam a partir do Congresso. Se não tivermos um Congresso atento ao que pleiteamos aqui, nada adiantará", disse Sílvio Barros.
Pré-candidato a deputado federal, Julio Agner acompanha Sílvio Barros

O empresário guarapuavano Júlio Agner esteve acompanhando o pré-candidato ao governo, Sílvio Barros, duranta sua passagem pela cidade. A partir da postura do PHS para as próximas eleições e do pedido do candidato Sílvio Barros a respeito de reflexão em torno de reais mudanças, especialmente para o congresso federal, deixando claro que o partido apoiará seus candidatos a deputado federal, de forma ampla e clara.

Após a reunião, o Jornal Extra Guarapuava, ouviu o pré-candidato a deputado federal questionando-o sobre renovação dos 'ares' políticos em Guarapuava. "O cenário em Guarapuava é um cenário bastante consolidado, com famílias tradicionais, que participam da política a bastante tempo. Mas eu vejo que precisamos de alternativa e precisamos acelerar mais o desenvolvimento em nossa cidade. Esse pessoal todo já passou pela administração pública e por cargos legislativos e a gente vê que a atuação deles, sob meu ponto de vista, foi limitada. Então, o que a gente quer é oferecer esta condição, de uma gestão mais avançada, propondo mudanças para que o país avance. Não temos experiência basicamente voltada para a política, mas já atuamos a bastante tempo na área empresarial e em várias entidades, por isso, acho que este é o momento, de oferecer esta possibilidade às pessoas da nossa sociedade. Carecemos na nossa região de um representante na câmara federal, a nossa região merece pela sua importância. Espero que a população vote em candidatos regionais e ofereço meu nome", destacou Agner.

About the author /


Extra

Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Newsletter

ASSINE O EXTRA