Brasil tem 8,2 milhões de pessoas desocupadas, aponta IBGE

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informam que existem 8,2 milhões de pessoas desocupadas no país. O IBGE utiliza a expressão desocupado para definir a pessoa que está tentando se inserir no mercado de trabalho. O levantamento, que abrange o trimestre encerrado em maio (março, abril e maio) deste ano, faz parte da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), feita em 3.464 municípios.

No trimestre anterior (dezembro, janeiro e fevereiro), o número de pessoas desocupadas era 7,4 milhões. Houve alta – entre um período e outro – de 10,2%. No confronto com o mesmo trimestre do ano passado, houve alta de 18,4%, o que significa aumento de 1,3 milhão de pessoas no universo de pessoas desocupadas.

O número de pessoas ocupadas no trimestre, encerrado em maio, atingiu 92,1 milhões: não há variação estatisticamente significativa quando a pesquisa é comparada com o trimestre de dezembro a fevereiro de 2015 e também com o mesmo trimestre de 2014.

A pesquisa indica ainda que, por posição na ocupação, em relação ao trimestre de dezembro a fevereiro de 2015, os empregados no setor público (inclusive servidor estatutário e militar) apresentaram recuo de 2,2% em seus rendimentos reais; o mesmo ocorreu com os trabalhadores por conta própria, que tiveram redução real de 3,5% nos rendimentos.

Fonte: http://migre.me/qHVW8

About the author /


Extra

Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Brasil passa da rejeição à adesão total à Copa

Em menos de dez dias, brasileiros passaram a apoiar o Mundial, de acordo com a ferramenta Apita Brasil.

A plataforma Apita Brasil reúne e interpreta a opinião do brasileiro sobre o evento a partir dos comentários públicos feitos nas principais redes sociais, como Facebook, Twitter, Instagram, YouTube e Google+. O Apita Brasil foi inspirado no “Causa Brasil”, um portal de consulta da mídia, de governantes e da população em geral para interpretação da evolução das causas por trás das passeatas de 2013.

Antes do início da competição, 86% dos comentários dos internautas nas redes sociais eram negativos, principalmente sobre a falta de organização na Copa. Apenas 14% apoiavam a competição.

Num período de dez dias, 65% das manifestações se tornaram positivas usando expressões como #euapoioacopa ou #vaitercopasim. As críticas tem acontecido em menor proporção, durante este período. O endereço eletrônico do portal Apita Brasil é: www.apitabrasil.com.br.

About the author /


Extra


Fatal error: Cannot redeclare kopa_comment() (previously declared in /home/storage/6/2d/73/extraguarapuava/public_html/wp-content/themes/resolution/comments.php:50) in /home/storage/6/2d/73/extraguarapuava/public_html/wp-content/themes/resolution/comments.php on line 108