Técnicos do MS fazem visita de avaliação em área do futuro Hospital Oncológico

FOTO: Assessoria

Nesta etapa foi apresentado os projetos das unidades de radioterapia, quimioterapia e o arquitetônico  

O projeto de construção do novo Centro Oncológico (Hospital do Câncer), de Guarapuava cumpriu mais uma etapa nesta semana, com a visita de técnicos do Ministério da Saúde, na área onde será construída a obra e para apresentação do projeto global arquitetônico. Falando para imprensa o engenheiro eletricista, Ivan Ivanov Junior e arquiteto, Milton Bandeira, explicaram que ao todo são 80 unidades de Radioterapia, que serão construídas no país, destas, 30 já estão em construção, 25 em fase de projetos, incluindo está de Guarapuava. “É um projeto complexo que exige um estudo aprofundado. O estudo será encaminhado ao Ministério da Saúde e órgãos responsáveis. Depois de aprovado, fazemos o projeto executivo para a liberação da obra”, argumentou Milton Bandeira.

A vereadora Maria José disse que estão garantidos mais de R$ 20 milhões para o início das obras, dos quais serão R$ 6 milhões em repasses pela Câmara de Vereadores, R$ 1 milhão da prefeitura e demais valores em doações do empresariado e emendas parlamentares dos deputados estaduais e federais. Nos próximos dias deverá ser lançada uma campanha para doações voluntárias da comunidade local e regional.

Humanização

O empresário e presidente do Comitê Gestor do Centro Oncológico, Odacir Antonelli destacou que o hospital terá o perfil de um espaço humanizado, dentro de um projeto desenvolvido altamente tecnológico e com equipamentos de última geração. “Objetivo é que as pessoas em tratamento estejam em local de conforto e que sejam acolhidas com muita dignidade”, frisou Antonelli.

No projeto arquitetônico o hospital terá 20 UTI’s leitos, centro cirúrgicos, setores de transplantes e fisioterapia, salas de diagnósticos, laboratórios, ambulatório e pronto atendimento. “Estas etapas têm sido de muita expectativa e esforço da comunidade pela viabilidade do hospital. Um projeto suprapartidário, que está sendo construído com muitas mãos”, reiterou o prefeito Cesar Silvestri Filho.

Representatividade

O provedor do São Vicente, Humberto José Limberger, comentou que o processo de viabilização da Radioterapia teve início em 2011, com a liberação de emenda do então deputado federal Cezar Silvestri, no valor de R$ 6 milhões. “Foi o começo de tudo tendo continuidade com o prefeito Cesar Filho, quando era deputado estadual, e prossegue com a atuação dos nossos atuais deputados estaduais, as demais forças políticas e a sociedade em geral”, disse Limberger. Ao todo serão utilizados 12 mil m² de área, na Cidade dos Lagos, em um projeto de sustentabilidade, com áreas verdes e muita ventilação natural. Os investimentos serão de R$ 80 milhões no Centro Oncológico. Também participaram da coletiva de imprensa o presidente da Câmara de Vereadores, João Napoleão, vereadores, secretários municipais, representantes do comitê gestor, de entidades e associação de moradores.

Tagged with:     , , , , ,

About the author /


Extra

Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Newsletter

ASSINE O EXTRA