Governo e Coren firmam parceria em prol de avanços para a enfermagem

A Vigilância Sanitária Estadual e o Conselho Regional de Enfermagem (Coren-PR) vão atuar em conjunto na fiscalização das condições de trabalho ofertadas aos profissionais de enfermagem do Paraná. A ação é fruto de uma parceria firmada ontem, terça-feira (15), em Curitiba, entre a Secretaria Estadual da Saúde e a autarquia federal.

A intenção é reforçar o trabalho de inspeção nos estabelecimentos de saúde públicos e privados do Estado, priorizando aqueles ligados à atenção materno-infantil e com Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Serão avaliadas simultaneamente questões relacionadas às condições sanitárias, a ética e a prática profissional.

De acordo com o secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, tanto os trabalhadores da enfermagem quanto os pacientes serão beneficiados. “Com a medida, vamos avançar na qualidade dos serviços de enfermagem. A proteção da saúde desses profissionais também tem impacto direto na segurança e assistência aos pacientes”, afirmou.

Para Caputo Neto, a parceria com o Coren-PR é mais uma prova da atenção que o Governo do Estado tem dado à valorização dos profissionais da enfermagem, seja eles auxiliares, técnicos ou com formação superior. “Eles representam a principal força de trabalho da saúde e são responsáveis pela maior parte dos atendimentos no SUS. Por isso, ocupam lugar de destaque na construção de uma rede pública de saúde melhor”, ressaltou.

CAPACITAÇÃO – Entre as ações previstas no termo de cooperação técnica estão também cursos sobre temáticas de relevância para o desempenho da enfermagem, como na área clínica, de vigilância, promoção e gestão. O chefe da Vigilância Sanitária Estadual, Paulo Costa Santana, explica que esse trabalho de capacitação é essencial para a melhoria de uma série de indicadores de saúde.

“A atualização profissional nesta área é imprescindível. Com algumas mudanças na rotina da equipe é possível prevenir diversos problemas ligados à mortalidade materno-infantil e às infecções hospitalares”, exemplificou Santana.

NOVO PROGRAMA – Durante a solenidade de formalização da parceria, o Coren-PR também lançou seu novo programa de educação permanente – o Coren-PR Atualiza. Entre os principais objetivos está a sistematização da assistência de enfermagem em todo o Paraná.

Segundo a presidente do Coren-PR, Simone Peruzzo, a implantação do programa é um compromisso assumido pela atual gestão da autarquia e que agora se torna realidade. “Nos próximos dois anos realizaremos um amplo trabalho de educação permanente. Os temas abordados vão tratar sobre questões recorrentes que tornam vulneráveis os nossos inscritos e a comunidade”, informou.

Ao todo, já estão programados nove eventos e 13 cursos de aperfeiçoamento, descentralizados nas quatro macrorregiões do Estado: Curitiba, Londrina, Maringá e Cascavel.

Participaram do evento a presidente da Associação Brasileira de Enfermagem, seção Paraná, Denise Kletemberg; a coordenadora do programa de Educação Permanente do Coren, Amarílis Schiavon Paschoal; a coordenadora de processos éticos do Coren, Cristina Paganini; a superintendente de Vigilância em Saúde da Sesa; Cleide de Oliveira, além de conselheiros e representantes da Vigilância Sanitária estadual e municipais que acompanharam o encontro por videoconferência.

Tagged with:     , , , , ,

About the author /


Extra

Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Newsletter

ASSINE O EXTRA