Com nova tecnologia do Lacen, Paraná confirma 25 casos de zika

O novo informe técnico divulgado ontem (10) pela Secretaria de Estado da Saúde apresenta 25 casos de zika vírus confirmados no Paraná. O aumento das confirmações é resultado dos novos testes utilizados desde o início de fevereiro pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-Pr).

“O exame que faz o diagnóstico simultâneo dos três vírus – dengue, zika e chikungunya – é pioneiro no Brasil. Essa nova tecnologia agilizou o tempo para confirmação dos resultados e ampliou a capacidade de análise do Lacen de 60 para 1400 testes semanais”, salienta o secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto. Até esta quarta-feira, foram realizados 980 testes de dengue, zika e chikungunya com a tecnologia Multiplex.

Dos 25 casos, onze são importados e três autóctones, contraídos no próprio município. Dois casos são de Colorado, região noroeste do Paraná, e um de Londrina, no norte do Estado. Os outros 11 casos estão em investigação para determinar a origem da doença, se importada ou autóctone.

“A partir da confirmação dos novos casos de zika no Paraná, o Estado amplia a investigação para determinar se há registros de infecção em gestantes, qual a procedência dessas pessoas e se há necessidade de monitoramento pelas equipes de saúde”, explica a superintendente de Vigilância em Saúde, Cleide Oliveira.

CHIKUNGUNYA – Os mesmos exames também possibilitaram a ampliação no número de confirmações de chikungunya no Estado. Agora são 11 casos neste período epidemiológico. Apenas um deles é autóctone, contraído no município de Mandaguari, na regional de Maringá.

DENGUE – O número de casos de dengue confirmados no Paraná subiu para 4.806, sendo 586 importados de outras localidades. Em 182 municípios já foram confirmados casos da doença. O número de cidades em epidemia também aumentou, passando de 11 para 14.

As cidades de Santa Terezinha de Itaipu, Tapira e Rolândia estão em situação epidêmica, assim como Rancho Alegre, Munhoz de Mello, Assaí, Paranaguá, Santo Antônio do Paraíso, Cambará, Santa Isabel do Ivaí, Itambaracá, Nova Aliança do Ivaí, Mamborê e Guaraci.

ÓBITOS – A Secretaria da Saúde confirmou uma nova morte por dengue, ocorrida em Curitiba. O cidadão de 65 anos havia viajado para o Paraguai. O atual período epidemiológico já totaliza seis mortes por dengue no Estado – quatro em Paranaguá e uma em Foz do Iguaçu. Outros nove casos ainda estão em investigação.

Fonte: Agência Estadual de notícias 

Tagged with:     , , ,

About the author /


Extra

Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Newsletter

ASSINE O EXTRA