AEPAPA recebe título de utilidade pública em Guarapuava

A Associação de Estudos, Pesquisas e Auxílio aos Portadores de Alzheimer (AEPAPA), de Guarapuava, foi legitimada a nível estadual como entidade de utilidade pública no município. A proposta de título foi feita pela deputada estadual Cristina Silvestri (PPS) através do Projeto de Lei 327/2016, que já teve redação final aprovada e agora aguarda sanção do governador Beto Richa. A deputada acompanha os trabalhos da AEPAPA desde a criação da entidade, em maio de 2012.

De acordo com Etiene Rabel Corso, assistente social da entidade, o título foi recebido na associação com muita alegria. A declaração de utilidade pública será um importante meio para fortalecer os programas desenvolvidos e projetos futuros, dando continuidade ao trabalho oferecido à população. “Nós já possuímos o reconhecimento municipal de utilidade pública, mas receber o reconhecimento estadual é uma vitória muito grande para nós. Com esse título, nós esperamos que as nossas iniciativas fiquem mais conhecidas, agora, a nível de Paraná“.

A AEPAPA foi criada em Guarapuava a partir da preocupação por um atendimento especializado para portadores de Alzheimer no município. Segundo dados da entidade, mais de 900 pessoas convivem com a doença entre a cidade e o interior. Segundo Etiene, o foco das atividades da associação tem como objetivo prestar apoio, orientação e informações aos pacientes portadores de Alzheimer, aos cuidadores e seus familiares.

Os trabalhos da entidade também visam o fortalecimento de vínculos, com ênfase no envelhecimento saudável e informações sobre a doença. “Atualmente nós atendemos 60 casos, entre pacientes e famílias. Pode parecer um número relativamente baixo quando comparado ao número de diagnósticos no município, mas não é. Nossos tratamentos são extensivos, indo do paciente a todos os membros da família que tem envolvimento com a doença”, explica Etiene.

Para Cristina Silvestri, a aprovação do projeto de lei é uma conquista que motivará ainda mais os trabalhos da associação. “Este tipo de reconhecimento fortalece laços dentro da entidade e auxilia na conquista de apoio para projetos atuais e novas iniciativas”.

Tagged with:     , ,

About the author /


Extra

Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Newsletter

ASSINE O EXTRA