Centenário das Aparições: Nossa Senhora de Fátima é homenageada em Guarapuava

Foto: Divulgação

“O destaque da Diocese está num povo de muita devoção e uma acolhida e muito forte. De maneira muito especial, a mãe de Jesus, com o nome Nossa Senhora de Fátima, nos leva a ficar mais próximo de Deus”, Pe. Carlos de Oliveira Egler

Neste ano, a Paróquia Nossa Senhora de Fátima, pertencente à Diocese de Guarapuava comemorou mais uma data importante: a celebração das “Aparições”. Localizada no bairro Primavera, a igreja foi criada no dia 13 de maio em 1989, hoje a comunidade local, famílias, jovens e fiéis da igreja contribuem para o fortalecimento da fé, oração e trabalho missionário.

Tudo começou em 1917, quando três crianças, na cidade de Fátima, em Portugal tiveram a visão da santa. Lucia de Jesus Santos (10 anos) e seus primos, Francisco Martos (9 anos) e Jacinta Martos (7 anos) se tornam crianças memoráveis por presenciar as sete aparições, não só viam, como também conversaram com Nossa Senhora, por isso, todo dia 13 de cada mês, é comemorado seu dia.

Além disso, a comunidade católica, em 2017 vivenciou o “Ano Nacional Mariano” que influencia diretamente nas comemorações à Nossa Senhora de Fátima. Devido aos 300 anos do encontro da Imagem da Nossa Senhora Aparecida, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) emitu uma nota com palavras do Papa Francisco: “Deus ofereceu ao Brasil a sua própria Mãe”.

Padre Carlos de Oliveira Egler, administrador paroquial nos conta como foi à organização da festa, a participação do público, os grupos bíblicos e a trezena feita durante o mês. “Está no coração do povo essa devoção Mariana, foi uma adesão muito grande, muito bem acolhida, principalmente na Festa da Padroeira aqui do bairro, tivemos a Trezena, com 13 celebrações com temas específicos e sempre com uma mensagem própria, principalmente aquilo que Nossa Senhora de Fátima ensinou para as crianças e para todos nós hoje, essa mensagem é sempre atual”.

A trezena teve início no dia primeiro e foi até a data comemorativa, 13 de maio. Com o tema principal: “Maria, mãe e modelo da Igreja em Missão”, os fiéis, famílias e jovens participaram deste momento de agradecimento e fé. A cada dia de reza, houve uma benção estabelecida para mães, casais, empresários, idosos, professores e alunos, doentes, agricultores, motoristas, crianças, gestantes e pessoas que procuram um emprego com carteira de trabalho assinada.

Para o próximo ano (2018), a paróquia acolherá em janeiro, a 7ª edição da Missão Diocesana Juvenil, reunindo cerca de 200 jovens dos quatro decanatos da Diocese. Padre Carlos diz que o papel da juventude na paróquia é muito importante e reafirma o amor, empenho e partilha vivenciados na comunidade. “Hoje nós temos um destaque na juventude, isso nos faz acreditar que a construção da paróquia nunca termina, o que mais edifica é povo, como igreja, nesse sentindo, a igreja acaba correspondendo com seu tempo de missão”.

Tagged with:     , ,

About the author /


Extra

Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Newsletter

ASSINE O EXTRA