Secretário de saúde comenta lei que incentiva a doação de sangue em Laranjeiras

Foto: Divulgação

Subscrito por Júnior Gurtat, a lei prevê isenção na taxa de ingresso para doadores regulares de sangue no município

Na última sessão da  Câmara de Laranjeiras,  os vereadores aprovaram por unanimidade, em 2ª e última discussão, o projeto 015/17, de autoria do vereador Júnior Gurtat. A lei concede a isenção de taxa de ingresso em eventos culturais, artísticos e esportivos para doadores de sangue no município, registrados e identificados por documento oficial expedido pelo Centro de Hematologia e Hemoterapia (Hemocentro).

INICIATIVA

De acordo com o vice-prefeito e secretário de Saúde, Valdemir Scarpari, a iniciativa irá somar os esforços da secretaria de Saúde no incentivo à doação de sangue no município. “Fazemos diversas campanhas para arrecadar doadores, mas dificilmente surgem novos voluntários. Sangue é vida, por isso estou de pleno acordo neste projeto. O que precisar da secretaria de Saúde e da Administração Municipal, podem contar comigo”, descreveu Scarpari, parabenizando o vereador Gurtat.

CAMPANHAS

No primeiro semestre deste ano, a secretaria de Saúde, por meio do Hemocentro de Guarapuava, realizou coleta na Unidade do São Francisco. Na ocasião cerca de 80 bolsas foram arrecadadas. Mas, de acordo com a assistente social da secretaria de Saúde, Zilda Aparecida Guerra, e responsável pelas ações voltadas à doação de sangue no município, há dificuldade nos atos descentralizados. “Temos objetivo de novas coletas aqui em Laranjeiras, porém a equipe do Hemocentro é pequena e prefere que os doadores sejam enviados até a Regional em Guarapuava”, afirmou.

TRANSPORTE

Na última terça-feira de cada mês, disponibilizado pela secretaria de Saúde, um ônibus se desloca até o município, porém conforme explica Zilda, são pouco mais de 15 voluntários por ação. “Há dificuldade para reunir novos doadores, principalmente pelas questões referentes ao deslocamento. Então este projeto da Câmara de Vereadores soma esforços com uma necessidade, pois incentiva o novo doador”, completou Zilda.

 

About the author /


Extra

Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Newsletter

ASSINE O EXTRA