Brasileiros nos Estados Unidos e na Argentina protestam contra o governo

Parte da comunidade brasileira que vive nos Estados Unidos aderiu às manifestações contrárias ao governo da presidenta Dilma Rousseff ontem, domingo (13). Foram registrados protestos e aglomerações em algumas cidades como Boston, Miami, Nova York e Washington. A movimentação foi registrada pelos manifestantes que usaram as redes sociais como o Facebook para publicar fotos e também em sites de notícias brasileiros regionais nos Estados Unidos.

Em Boston, estado de Massachusetts, região com a maior comunidade brasileira no país, centenas de pessoas se reuniram no começo da tarde na Praça de Havard. Em Nova York, o grupo se concentrou em Manhattan, na Time Square.

A maioria dos brasileiros que vivem nos Estados Unidos não apoia o governo Dilma, fato que ficou comprovado nas eleições de 2014 quando a maioria dos eleitores brasileiros que votaram no país escolheram outros candidatos. Além das manifestações que aconteceram nos Estados Unidos, houve manifestações de brasileiros em Londres, Portugal, Canadá e Argentina.

Repercussão internacional

Os protestos e o volume de participantes repercutiram na imprensa nos Estados Unidos e na Europa. O The Wall Street Journal noticiou o protesto e disse que “milhares protestaram contra a presidente Dilma Rousseff e o partido do governo”.

A britânica BBC mostrou os protestos e destacou a posição da presidenta de Dilma em defesa do ex-presidente Lula e o posicionamento dela contrário a uma renúncia.

 

Tagged with:     , , , ,

About the author /


Extra

Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Newsletter

ASSINE O EXTRA