Homem é morto a sapatadas no Paraná

A Polícia Civil instaurou inquérito para investigar a motivação da briga que resultou no assassinato de Edivaldo Ferreira, de 33 anos, na madrugada de domingo dia 18, em Wenceslau Braz.

A vítima foi golpeada várias vezes na cabeça com um par de sapatos, e teve perda de massa encefálica em consequência das perfurações causadas pelos saltos do calçado.

De acordo com o boletim de ocorrência registrado pela Polícia Militar, a confusão teve início por volta das 3 horas em uma praça no bairro Vila Velha. Segundo testemunhas, um casal de irmãos com 15 e 17 anos seriam os autores do homicídio.

Populares que estavam no local e presenciaram as agressões socorreram a vítima em um carro particular, e a encaminharam em estado grave ao Pronto-Socorro do Hospital São Sebastião. No entanto, conforme o médico Miguel Angel Rodriguez Rueda, Ferreira não resistiu às graves lesões no crânio e faleceu pouco depois de dar entrada na unidade.

Os suspeitos pela autoria do homicídio foram identificados e detidos pela Polícia Militar pouco depois do crime. Os irmãos foram encaminhados à sede da 2ª Companhia, e em seguida apresentados à autoridade policial de plantão na 36ª Delegacia Regional de Polícia.

Segundo apurado pela reportagem, os irmãos apontados como autores no assassinato de Ferreira possuem diversos registros na polícia pela prática de atos infracionais.

O corpo da vítima foi recolhido ao Instituto Médico Legal de Jacarezinho, e sepultado nesta segunda dia 19, no Cemitério Municipal de Wenceslau Braz.

Tá no Site

Tagged with:     , ,

About the author /


Extra

Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Newsletter

ASSINE O EXTRA