Crescem os assaltos no Estado

Os motivos são vários, mas podem ser destacados a crise econômica e envolvimento no tráfico e uso de drogas. Essas foram as justificativas dadas pelo delegado-chefe da Divisão de Crimes Contra o Patrimônio, Rubens Recalcatti, ao comentar os dados relativos a assaltos no primeiro semestre deste ano, divulgados na sexta-feira (2) pela Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária (Sesp).

Pelos números é possível constatar que a cada hora, quatro pessoas são assaltadas nas ruas de alguma cidade do Paraná. Ou seja: a cada 15 minutos uma pessoa é vítima de roubo. Na capital, há duas vítimas desse crime a cada hora, em ambiente público.

Os casos de roubo aumentaram 9% em relação ao mesmo período do ano passado em todo o estado. Na capital, o número de roubos nas ruas cresceu 8%.

Nos primeiros 181 dias de 2015, foram registrados 19.450 assaltos contra pessoas em ambiente público, como ruas e praças no Paraná. Se contar todos os tipos de roubos, o número aumenta para sete registros a cada hora.

Segundo o delegado é preciso aumentar a prevenção com apoio da Polícia Militar e a investigação da Polícia Civil para tentar diminuir a incidência dos casos.

Reduziu acentuadamente o número de furtos dentro dos estabelecimentos em Curitiba – 21%. Talvez porque os empresários estão adotando mais iniciativas de proteção.

Guarapuava

Em Guarapuava, segundo o levantamento da Sesp, furtos em ambientes públicos foram 317 no primeiro semestre do ano passado e 311 de janeiro até junho desse ano, uma redução de 6 casos. Mas o número de roubos cresceu, passou de 337 no primeiro semestre do ano passado para 366 no primeiro semestre deste ano. Os casos de furtos, em grande quantidade, também aumentaram – 1883 no ano passado contra 1886 neste ano.  Os crimes contra a pessoa e contra o patrimônio caíram nas mesmas comparações. Causa estranheza o aumento dos crimes contra a administração pública: 345 no primeiro semestre do ano passado contra 535 este ano, um crescimento de 55,07%.

Residências

Conforme o levantamento da Sesp, pelo menos 16 residências são assaltadas por dia no Estado, um crescimento de 2% na comparação com o mesmo período do ano passado.

Tagged with:     , , , , ,

About the author /


Extra

Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Newsletter

ASSINE O EXTRA