Redes de facilidade

Nesse lugar, as discussões giram em torno de pontos em comum, com assuntos que vão desde ao marketing pessoal às turmas da faculdade ou de escola, fofocas sobre famosos, caronas, compra e venda, entre outros. Por meio deles, pessoas com o intuito de interação, reuniões e amizades, interagem e compartilham interesses.

Estamos falando dos grupos no Facebook, onde é possível tratar de diversos temas, inclusive, sobre seu negócio. O sucesso desses grupos está ligada à grande crescente das mídias digitais. Hoje o Facebook é um dos sites mais populares. Com cerca de 1,28 bilhão de usuários ativos mensais, é a segunda plataforma mais visitada na Internet. Assim, o Facebook se torna um parceiro tanto dos negócios quanto das pessoas, já que permite, com esse grande número de usuários, uma interação real e significativa.

Em Guarapuava, você deve conhecer ou já ouviu alguém comentando sobre os grupos de troca e venda Brechózinho, com quase 77 mil membros, ou do Mercadão Guarapuava, com 60 mil membros. Nesses grupos, além de adquirir roupas, calçados e móveis, é possível comentar assuntos cotidianos e fazer encomendas.

A Maria Krychak gerencia o Clube das Lulus, um grupo somente de mulher onde é proibido vendas ou perfil de casal. O intuito do grupo é tirar dúvidas e fazer reclamações. “O Clube das Lulus existe há 1 ano. A ideia surgiu a partir do momento que o Brechozinho começou a aceitar perfil masculino. Atualmente o grupo conta com 6.588 mulheres”, contou. De acordo com Maria, o grupo traz diversas facilidades. “Desde saber o que está acontecendo na cidade de forma ágil, além do encontro de pessoas, divulgação de trabalho, avisar que se perdeu um documento, até indicação de médicos”, citou.

Caronas

Além dos grupos de troca e venda, cada vez mais popular entre os brasileiros, pedir e oferecer carona nos aplicativos e grupos do Facebook também é sucesso. Por meio desses segmento, é possível viajar o país inteiro com muito pouco. Para participar basta iniciar a postagem com as palavras [Procuro] ou [Ofereço], o destino pretendido a hora e local da partida. Aí é só aguardar.

O Daniel Mussoi mora em Guarapuava, mas a família é de Laranjeiras do Sul. Ele vai para a terra natal duas vezes ao mês e economiza, em média, R$ 90 com as caronas. “O gasto de uma viajem é de mais ou menos R$ 90. Pedindo ajuda pelo transporte, de R$ 15 por pessoa e não carregando mais que quatro, são R$ 45 dos passageiros e mais R$ 45 meus. Já fui muito ajudado com esta forma de solidariedade e quero repassar às pessoas. Acaba ficando bom para quem pega a carona pois economiza com transporte até a rodoviária e gasto com o ônibus, e, da mesma forma fica bom para mim que reduzo minha despesa pela metade. Além disso, ainda faço boas amizades”, explicou.

Tagged with:     , , , ,

About the author /


Extra

Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Newsletter

ASSINE O EXTRA