Paraná tem série de protestos contra PEC 55

Uma série de protestos será realizada no Paraná ao longo do Dia Nacional de Greve – nesta sexta-feira (11). As ações serão promovidas por organizações sindicais como a Central Única dos Trabalhadores (CUT) e outros movimentos sociais.

São contra medidas do governo federal, como a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 55, do teto dos gastos públicos, que congela gastos primários da União por 20 anos, e a Medida Provisória (MP) 746, da reforma do ensino médio, além da proposta da reforma da Previdência.

O primeiro ato foi realizado por volta das 6h, em frente à Refinaria de Araucária (Repar). Às 10h, a concentração é na praça Santos Andrade, de onde os manifestantes seguem para a Boca Maldita.

O ato de encerramento será às 18h30, na praça 19 de Dezembro.

Categorias como bancários, servidores municipais, trabalhadores rurais, técnicos da Universidade Federal do Paraná (UFPR) e professores da rede estadual de ensino devem aderir ao movimento.

De acordo com a presidente da CUT, Regina Cruz, além de Curitiba, as manifestações devem ser realizadas em outras cidades do interior do estado, como Apucarana, Umuarama, Maringá e Londrina.

“A gente não concentrou em Curitiba. A gente foi também para o interior”, explica. “São todos os movimentos sociais de luta que vão fazer um ato em defesa dos trabalhadores”, afirma. As categorias entendem que as medidas do governo federal retiram direitos dos trabalhadores e configuram um retrocesso ao país.

O Dia Nacional de Greve é realizado em todo o Brasil. Mais um protesto está previsto para os dias 25 e 29 de novembro, na véspera da votação da PEC 55 no Senado.

Foto: Narley Resende

Foto: Narley Resende

Tagged with:     , , , ,

About the author /


Extra

Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Newsletter

ASSINE O EXTRA