Projetos de tecnologia e inovação marcaram o primeiro Guairahack

O evento foi uma maratona de desenvolvimento de projetos com soluções tecnológicas inovadoras para problemas reais de Guarapuava

Produzir pensar e produzir inovação tecnológica: esse foi o objetivo do primeiro Hackathon da Faculdade Guairacá, o GuairaHack, que aconteceu nesse final de semana em Guarapuava.

O GuairaHack foi um projeto de extensão multidisciplinar inédito em na cidade vinculado ao Programa Educação Empreendedora realizado pelo Sebrae. Trata-se de uma maratona realizada durante 33 horas de forma ininterrupta, reunindo 55 acadêmicos de todos os cursos da instituição. Juntos, eles trabalharam no desenvolvimento de projetos com soluções tecnológicas inovadoras para problemas reais do município.

Para o acadêmico Raul Rodrigues da Silva Neto, do curso de Administração, a experiência de ter participado da maratona foi única. “Agradeço a oportunidade de estar participando do GuairaHack, essas 30 horas foram maravilhosas, conseguimos colocar em prática o que vimos em sala de aula e também compartilhar com alunos de vários cursos. Essa interdisciplinaridade fez toda a diferença no desenvolvimento do nosso projeto”.

Juntamente com seu grupo, Raul desenvolveu um aplicativo que auxilia na gestão da coleta dos resíduos em Guarapuava, mas que também pode ser utilizado em outras cidades, trazendo economia, maior renda para as cooperativas e um canal direto entre a população e o gestor da coleta de resíduos. “Viemos com uma proposta simples, mas que afeta toda população de um modo geral. Esse projeto faz com que os órgãos públicos consigam prestar um serviço com maior eficiência, qualidade e economia”.

Tagged with:     , , , ,

About the author /


Extra

Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Newsletter

ASSINE O EXTRA