Prazo de inscrições no Vestibular de Verão 2016 da UEPG está no fim

A Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), na região dos Campos Gerais do Paraná, encerra as inscrições para o Vestibular de Verão 2016 na quarta-feira (5). Os interessados devem se inscrever até o dia 5 de outubro pela internet.

As provas são aplicadas nos dias 11 e 12 de dezembro, em 14 cidades paranaenses:Apucarana, Cascavel, Castro, Curitiba,Guarapuava, Irati, Jacarezinho, Maringá,Palmeira, Ponta Grossa, Rio Negro, São Mateus do Sul, Telêmaco Borba e Umuarama.

Assim como no Vestibular de Inverno 2016, há duas categorias de candidatos: o concorrente, que paga taxa de inscrição de R$ 135, e o ‘treineiro’, que paga taxa de inscrição de R$ 100. Ambas devem ser quitadas até o dia 6 de outubro.

Encerrado o prazo de inscrição, o candidato tem como retificar eventuais erros cometidos no preenchimento dos dados solicitados, como a grafia do nome, a opção ou não pelo sistema de cotas, o curso escolhido, o turno do curso; o números de documentos, o local de prova, entre outros.

É possível fazer as alterações mediante pagamento de uma taxa de retificação de R$ 27.

Novidade
Ao todo, a UEPG oferta 720 vagas em 39 cursos de graduação. Uma novidade nesta edição do vestibular é o bacharelado em matemática aplicada. O novo curso é integral e tem 22 vagas. Antes, a universidade ofertava apenas licenciatura em matemática.

Calendário
A partir de 11 de novembro, a CPS divulga aqui o edital com informações sobre o número da inscrição, o número da turma, o local onde a prova deve ser feita, entre outras.

Um dia após a aplicação das provas, no dia 13 de dezembro, a partir das 17h, são publicados os gabaritos.

A relação de aprovados em primeira chamada e lista de espera pode ser divulgada até 20 de janeiro de 2017. O desempenho dos ‘candidatos treineiros’ deve ser liberado após o encerramento do período do registro acadêmico e matrícula dos “candidatos concorrentes”.

Cotas e Enem
Na UEPG, o candidato pode optar pelos sistemas de cotas para estudantes das escolas públicas e para estudantes negros, que assim se autodeclararem, igualmente oriundos da rede pública de ensino.

Nos dois casos, devem ter cursado todas as séries do ensino fundamental e todas as séries do ensino médio na escola pública. A comprovação se dá mediante a apresentação do histórico escolar no ato da matrícula e do registro acadêmico.

Os candidatos que não se enquadram nessas duas opções concorrem pela chamada cota universal.

A UEPG possibilita também ao candidato o aproveitamento do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem), opção que deve ser expressa pelo candidato no ato da inscrição.

Para tal, deve ter um aproveitamento mínimo de 40% nas provas objetivas do Enem. Por meio de fórmula descrita no Manual do Candidato, a nota do Enem é acrescida à pontuação final do candidato.

Por: G1 Paraná

Tagged with:     , , ,

About the author /


Extra

Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Newsletter

ASSINE O EXTRA