Cerca de 300 professores ocuparam a sede da Secretaria Estadual de Educação na última quinta

A sede da Secretaria de Estado da Educação (Seed), em Curitiba, foi ocupada na manhã da última quinta-feira (26), por cerca de 300 professores. Representantes do magistério protestam contra decisões tomadas pelo governador Beto Richa, como a redução da hora-atividade e a aceitação de afastamento justificado somente por perícia médica, em caso de doenças de professores. Inicialmente, o professores participavam de um seminário que debateria e resolução 113/2017, que trata do assunto, porém, decidiram ir às ruas.

A APP-Sindicato quer que o Governo retome o diálogo e retire as medidas da resolução. Caso isso não aconteça, os professores de colégios estaduais deflagrarão a greve marcada para 15 de fevereiro, por tempo indeterminado. Se isso acontecer, haverá atraso no início do ano letivo.

Na última quarta (25), a superintendente da Seed, Fabiana Campos pediu exoneração alegando discordar do governo.

 RedeSul

Tagged with:     ,

About the author /


Extra

Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Newsletter

ASSINE O EXTRA