Alunos protestam em mais de 40 colégios estaduais no Paraná

O número de colégios estaduais ocupados no Paraná subiu para 43 nesta sexta-feira (7). Na noite de quinta (6), estudantes do Colégio Estadual do Paraná (CEP), o maior e mais tradicional do estado, inciaram a ocupação do prédio da instituição. Os alunos protestam contra a medida provisória sobre a reforma do ensino médio apresentada pelo governo federal.

As ocupações dos estudantes no Paraná começaram na segunda-feira (3), quando um grupo de alunos ocupou o Colégio Arnaldo Jansen, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. Desde então, outras escolas vêm sendo ocupadas. Veja a lista no final da reportagem.

Em Cascavel, no oeste, onde também há ocupações, estudantes de ao menos dez colégios estaduais fizeram protestos na manhã desta sexta. Grupos chegaram a interditar algumas avenidas. Houve manifestação ainda dos alunos do Colégio Estadual Amâncio Moro, em Corbélia, durante a visita do governador Beto Richa (PSDB) à cidade para o lançamento da obra de duplicação da BR-369.

A medida provisória sobre a reforma ainda terá de ser aprovada pela Câmara e pelo Senado, caso contrário, perderá o efeito.

A primeira mudança importante determinada pela reforma é que o conteúdo obrigatório será diminuído para privilegiar cinco áreas de concentração: linguagens, matemática, ciências da natureza, ciências humanas e formação técnica e profissional.

O segundo destaque da reforma será o aumento da carga horária. Ela deve ser ampliada progressivamente até atingir 1,4 mil horas anuais. Atualmente, o total é de 800, de acordo com o Ministério da Educação (MEC).

A intenção do MEC é incentivar o ensino em tempo integral, e para isso prevê programa específico com R$ 1,5 bilhão para incentivar que escolas adotem o ensino em tempo integral.

Na quinta-feira (6), o governador Beto Richa afirmou que não será feita nenhuma mudança que prejudique os alunos do Paraná e acrescentou que toda a comunidade escolar deve ser ouvida.

O que a Seed diz
A Secretaria de Estado da Educação (Seed) informou que, depois das ocupações, as escolas devem apresentar um calendário com a reposição das aulas perdidas. O órgão informou ainda que está acompanhando a manifestação dos estudantes em todo o estado.

A Seed também disse que os canais de diálogo estão abertos, e que, no Paraná, qualquer alteração só será feita após os seminários que serão realizadas para discutir a proposta.

Veja a lista de todas as escolas ocupadas até as 15h desta sexta-feira:

Curitiba
Colégio Estadual do Colégio do Paraná
Colégio Estadual Elysio Vianna
Colégio Estadual Algacyr Maeder
Colégio Estadual Teobaldo Kletemberg

São José dos Pinhais
Colégio Estadual Elza Scherner Moro
Colégio Estadual Afonso Pena
Colégio Estadual Padre Arnaldo Jansen
Colégio Estadual Costa Viana
Colégio Estadual Silveira da Motta
Colégio Estadual Hebert de Souza
Colégio Estadual Chico Mendes
Colégio Estadual Juscelino K. de Oliveira
Colégio Estadual Pe. Antônio Vieira
Colégio Estadual São Cristóvão
Colégio Estadual Angelina Prado
Colégio Estadual Shirley
Colégio Estadual Guatupê
Colégio Estadual Lindaura Ribeiro
Colégio Estadual Estadual Ipê
Colégio Estadual Unidade Polo
Colégio Estadual Barro Preto
Colégio Estadual Zilda Arns

Ponta Grossa
Colégio Estadual Ana Divanir Borato
Colégio Estadual Polivalente
Colégio Estadual Regente Feijó

Maringá
Colégio Estadual Brasílio Itiberê
Escola Estadual Tomaz Edison Andrade Vieira
Colégio Estadual Tânia Varella

Mandaguaçu
Colégio Estadual Parigot de Souza

Fazenda Rio Grande
Colégio Estadual Cunha Pereira
Colégio Estadual Liria Nichele
Colégio Estadual Lucy Requião

Pinhais
Colégio Estadual Arnaldo Busato

Guaratuba
Colégio Estadual Dra. Zilda Arns

Toledo
Colégio Estadual Novo Horizonte

Londrina
Colégio Estadual Albino Sanches

Rio Branco do Sul
Colégio Estadual Maria da Luz Furquim

Piraquara
Colégio Estadual Romário Martins

Marechal Cândido Rondon
Colégio Estadual Frentino Sackser

Cascavel
Colégio Estadual Julia Wanderley
Colégio Estadual Castelo Branco

Arapongas
Colégio Estadual Francisco Bastos

Balsa Nova
Colégio Estadual Juventude de Santo Antônio

Por: G1 Paraná

About the author /


Extra

Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Newsletter

ASSINE O EXTRA