Acadêmicos de administração da Guairacá visitam cooperativa Cocamar e Coca-Cola em Maringá

Viajar é mudar a roupa da alma, como disse uma vez o poeta Mário Quintana. Quando se trata de uma viagem de estudos então, trocamos não só a roupa da alma, como ampliamos nossos horizontes técnicos. Foi com este espírito que a Faculdade Guairacá levou, nessa quarta-feira, 28, um grupo de estudantes do curso de Administração para Maringá para conhecer o processo produtivo da Cooperativa Cocamar e Coca-cola Femsa Brasil.

Na Cocamar, o grupo assistiu a um vídeo institucional, mostrando a força do agronegócio do norte e noroeste do Estado. Em ano de crise profunda no país, a Cooperativa dos Cafeicultores de Maringá conseguiu elevar o seu faturamento para R$ 3.330 bilhões, registrando um crescimento de 17%. Tem atualmente 13 mil associados, mais de três mil colaboradores e atua fortemente em três Estados: Paraná, Mato Grosso e São Paulo. Para Eduardo Rosa Chamaricone, historiador que recebeu os estudantes na Cocamar, o cooperativismo prega valores que ajudaram no desenvolvimento de toda a região. “É salutar envolver as famílias dos cooperados e toda a comunidade em torno”. Além de receber e armazenar grãos como soja e milho, a cooperativa fatura com a venda de insumos, serviços terceirizados e atua na indústria e varejo com as marcas Purity, Suavit, Café Maringá, Cocamar e Talento. A meta mais arrojada é dobrar o faturamento, chegando aos 6 bilhões até 2020.

O grupo Fomento Econômico Mexicano S/A – Femsa – chegou ao Brasil em 2003 e desde então, o país se tornou o maior envasador de bebidas carbonadas e não carbonadas da Coca-Cola Company no mundo. A Coca-Cola atua em sete segmentos, água, café, chás, refrigerantes, néctares, sucos e bebidas esportivas, com uma linha de mais de 141 produtos. Ao todo o sistema Coca-Cola emprega diretamente 69 mil funcionários, gerando cerca de 600 mil empregos indiretos. Um dos destaques da empresa é a preocupação com a sustentabilidade, conforme explicou a coordenadora de Comunicação Externa e Sustentabilidade, Aila Flavia dos Santos. A empresa tem iniciativas como o telhado verde, reaproveitamento da água da chuva e reciclagem. Estas iniciativas deram dois prêmios, ouro e prata, à companhia. “Cuidar da nossa gente, nossa comunidade e nosso planeta, é nossa estratégia”, garante Aila.

O acadêmico Eziquiel Barbosa elogiou as empresas escolhidas. “Temos muito a aprender com estas organizações”. Para a acadêmica Franciele Fontoura a visita foi muito proveitosa. “Me impressionou a organização e a objetividade das empresas visitadas”. Na opinião de Yuri Ferreira, aluno 6º Período, foi importante conhecer o processo de duas grandes companhias. “A logística e a distribuição ficam mais fáceis de entender na prática”, afirmou. A acadêmica Fla Vieira adorou os brindes e toda a organização da viagem. Já a professora Joice Fabrício definiu como excelente o aproveitamento dos alunos. “Apesar de cansativo, foi uma viagem de estudos muito útil, certamente outras virão”.

About the author /


Extra

Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Newsletter

ASSINE O EXTRA