Industrial paranaense está pessimista pelo 20º mês consecutivo

O Índice de Confiança da Indústria de Transformação (ICET) do Paraná subiu 0,2 pontos em relação a agosto, chegando a 30,9 pontos. A recuperação sobre agosto foi provocada pelo indicador de Condições – que corresponde à visão do industrial em relação à economia e à sua própria empresa. Em comparação ao mesmo mês de 2014, houve queda de 11,8 pontos no índice de Confiança.

O índice de Expectativas – que avalia a opinião dos entrevistados em relação à operação da economia no período de seis meses e em relação à performance de seu próprio negócio – teve queda de 0,2 pontos, chegando a 33,8 pontos em setembro – também na área de pessimismo. “O maior impacto negativo adveio das Expectativas da economia, com queda de 0,5 pontos, em comparação a agosto”, explicou Roberto Zurcher, economista do departamento Econômico da Fiep. No comparativo entre setembro (2014 – 2015), o índice total de Expectativas mostra redução de 11,9 pontos.

ICEC-PR

O Índice de Confiança do Empresário de Construção Civil (ICEC) do Paraná teve queda no comparativo a agosto (-5,9%), chegando a 32,4 pontos – o que significa que os industriais deste setor também mantêm-se pessimistas – pelo 18º mês consecutivo. “Este é o ano com o pior índice de confiança entre empresários da Construção Civil desde 2009”, pontuou Zurcher. Em comparação a setembro de 2014, a queda foi de 9,5%.

 

Tagged with:     , ,

About the author /


Extra

Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Newsletter

ASSINE O EXTRA