Estado já é o quarto maior exportador do país

Foto: Agência Estadual de Notícias

 

Foram US$ 12,41 bilhões de janeiro a agosto de 2017 (17,1% a mais que 2016)

O Paraná exportou US$ 12,41 bilhões de janeiro a agosto de 2017, o que representou um aumento de 17,1% sobre o mesmo período do ano passado. Com isso, o Estado superou o Rio Grande do Sul (US$ 11,63 bilhões), foi o que mais exportou na região Sul e passou a ocupar a quarta colocação no ranking do Brasil. Ficou atrás apenas de São Paulo (US$ 33,5 bilhões), Minas Gerais (US$ 16,9 bilhões) e Rio de Janeiro (US$ 15,4 bilhões). Os dados são da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC).

“Boa parte desse resultado se deve à diversificação da pauta de exportações, com crescimento dos embarques de automóveis, autopeças e celulose”, diz Julio Suzuki Júnior, diretor-presidente do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico Social (Ipardes). “Com isso, o Paraná passou de quinto para quarto maior exportador do País, posição que deve ser mantida até o fim do ano”, afirma Suzuki.

O agronegócio continua a ser responsável pela maioria dos produtos exportados pelo Paraná e continua a crescer, mas sua participação teve ligeira queda com o avanço da participação de produtos manufaturados nesse ano. “O agronegócio continua a ser o principal setor exportador do Estado, mas é muito positivo que o Paraná também exporte manufaturados, que tradicionalmente têm maior valor agregado”, diz Suzuki Júnior.

DESTAQUES 

Somente os embarques de celulose cresceram 135% nesse ano na comparação com o mesmo período do ano passado, ao somar US$ 347,7 milhões. Graças à entrada em operação da fábrica de celulose da Klabin em Ortigueira, na região dos Campos Gerais, que tem como um dos focos a atuação no mercado externo, a celulose já é o sexto produto mais exportado pelo Paraná.

Outro destaque foi o aumento das exportações de automóveis, principalmente para a Argentina. De janeiro a agosto, a receita de exportações de automóveis somou US$ 653,4 milhões – 89% mais do que nos primeiros oito meses de 2016. Os embarques de autopeças cresceram 52,5%, chegando a US$ 186,13 milhões, e de veículos de carga aumentaram 56,8% -atigindo US$ 294,5 milhões.

 

Tagged with:     , , , , ,

About the author /


Extra

Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Newsletter

ASSINE O EXTRA