Wintershow 2017: Inovações tecnológicas de cultivares de inverno

Fotos: Assessoria Agrária

Organizadores comemoram o sucesso do evento que apresentou novas tecnologias no cultivo de cereais, destacando as origens, nos 66 anos de fundação da Cooperativa Agrária

A edição do Wintershow 2017, promovido pela Cooperativa Agrária Agroindustrial nos campos da Fundação Agrária de Pesquisa Agropecuária (FAPA), certamente será o evento de consolidação como uma das maiores feiras de apresentação de cultivares de inverno do Paraná e sul do país.

Nos três dias de atividades, os visitantes puderam conferir as apresentações de pesquisas em cada área da FAPA, worshops, seis palestras com convidados de renome nacional e 80 empresas expositoras.

De acordo com o coordenador do Wintershow e superintendente da FAPA, Sascha Schwarz, o evento registrou milhares de visitantes, em um público bastante diversificado, que contempla agricultores locais e de municípios vizinhos, cooperados, profissionais e acadêmicos de cursos variados que, em comum, buscam ampliar seus conhecimentos na área.

“Com uma programação especial de três dias, com palestras técnicas e científicas, novidades tecnológicas, demonstrações de máquinas e equipamentos, o Wintershow mais uma vez atingiu seu objetivo de ser o grande propagador do que há de melhor em cereais de inverno”, afirmou Sacha, avaliando a importância deste tipo de evento onde os cooperados e visitantes tiveram a oportunidade de se reunir, interagir, debater e sanar dúvidas a respeito dos tipos de grãos e qual plano de manejo utilizar na próxima safra de inverno. Produtores rurais de Guarapuava e região se atualizaram das novidades tecnológicas do agronegócio e conheceram detalhes das unidades da cooperativa e seus produtos.

Toda a programação foi voltada tanto para o cultivo de trigo, cevada e aveia, quanto a culturas alternativas, como oleaginosas de inverno e hortaliças, e também a novas tecnologias de mecanização e manejo do solo, pragas e doenças. “Um dos objetivos da FAPA é desenvolver e difundir a tecnologia por meio de pesquisa e experimentação agrícola. O Wintershow é o momento de trazer tudo o que é desenvolvido durante o ano todo para o público”, explanou ele.

Referência

Prestigiando o evento, o secretário da Agricultura e Abastecimento do Paraná, Norberto Ortigara, enalteceu os resultados apresentados pela Cooperativa Agrária, que a coloca em um patamar de referência em produção agrícola para o Estado e o País. “A agricultura e o agronegócio sem dúvida nenhuma é o setor que mais gera empregos e renda. Os cooperados da Agrária estão inseridos neste contexto e tem uma importância significativa na produção agrícola para o Estado”, reiterou Ortigara.

Num período de crises econômicas, preços baixos e poucas cultivares de inverno, a pesquisa científica tende a ser o maior diferencial para o produtor rural produzir bem e com menos custos”, Diretor presidente da Cooperativa Agrária, Jorge karl

O diretor presidente da Cooperativa Agrária, Jorge Karl enalteceu a presença do secretário Ortigara, dando demonstração da importância do evento para região e o Paraná. “O Wintershow vem tendo um crescimento constante e qualitativo. Ele foi concebido para ser um evento diferenciado, que preza a apresentação de novas tecnologias e com muita informação gerada pelas instituições de pesquisas agrícolas”, argumentou o presidente. Ele lembra que a missão da cooperativa e seus associados é não estar focado numa única atividade agrícola, mas sim num sistema produtivo que venha agregar valor para o cooperado, como também para sociedade num todo.

Difusão de tecnologias da FAPA

As palestras apresentadas pelos pesquisadores da FAPA são parte essencial de cada edição do Wintershow. Nesse ano, foram cinco estações de nove pesquisadores especializados nas seguintes áreas: inovação tecnológica e mecanização agrícola; herbologia e soja; milho; manejo e fertilidade de solos; fitopatologia; cevada e feijão; entomologia agrícola; e trigo, aveia e oleaginosas de inverno.

“Enquanto o setor cooperativista agrícola faz a diferença e garante um saldo positivo na balança comercial brasileira, os nossos portos de exportação continuam os mesmo de 40 anos atrás, ultrapassados e decadentes”, jornalista William Waack

Convidados renomados

Ao longo dos três dias, o Wintershow contou com palestras de grandes especialistas em perspectivas econômicas e tecnologias agrícolas, como Valter Casarin (IPNI), William Waack (Rede Globo) e Alexandre Cattelan (Embrapa), até as mais motivacionais e de interesse geral, como o hipnólogo Rafael Baltresca, a médica comportamental Leila Navarro e o ex-atleta olímpico Robson Caetano.

O intuito da variedade assuntos, segundo Sascha Schwarz, era justamente alcançar um público diversificado. As palestras motivacionais objetivaram atrair não só os visitantes  em geral, mas também os demais colaboradores da Agrária, dando lhes novas perspectivas do cotidiano dentro da empresa.

Agronegócio em contramão da crise

Responsável por 30% do Produto Interno Bruto (PIB) do Paraná, o agronegócio tem mostrado porque é o setor mais competitivo da economia brasileira, mesmo em meio à crise econômica que enfrenta o Brasil nesse momento. Indo na contramão dos indicadores interpretados como números de uma recessão, o agronegócio mantém seu crescimento.

“A inovação precisa ser constante na agricultura, no agronegócio. Na situação econômica complicada em que o país sem encontra, precisamos estar sempre promovendo inovações e aumentando a competitividade no agronegócio, que é responsável por uma grande parte da riqueza do Brasil”, enfatizou Sascha.

 

About the author /


Extra

Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Newsletter

ASSINE O EXTRA