Crianças recebem certificado de participação no projeto Samuzinho

Foto: assessoria

O projeto tem o objetivo de conscientizar e orientar os alunos sobre como funciona o atendimento às vítimas

O Ginásio Municipal de Esportes Joaquim Prestes foi o lugar escolhido para a formatura do projeto Samuzinho, com a participação dos alunos das escolas municipais Dionísio Kloster Sampaio, Hildegard Burjan e Maria de Jesus Taques e do ESI Colégio Nossa Senhora de Belém, professores, pais e convidados. O prefeito Cesar Silvestri Filho também participou do evento na tarde desta quinta-feira (23).

Este ano, o projeto formou mais de 400 crianças. Para a aluna Cassiane de Lima Souza, 9 anos, da Escola Municipal Hildegard Burjan, o projeto fez um importante alerta. “Aprendi que não podemos ligar para o Samu sem que exista uma ocorrência de verdade e quando estão passando pela rua não podemos acenar para eles, porque podem achar que é uma ocorrência. Nós não podemos atrapalhar o trabalho deles”, disse a menina.

O Samuzinho iniciou em 2013 pela necessidade da Secretaria de Saúde em conscientizar e orientar os alunos das escolas municipais sobre a questão dos trotes ao Samu. O projeto ganhou força sendo ampliado para as instituições de ensino estaduais e particulares. “Hoje o projeto é o principal meio de combate ao trote e de orientação sobre como funciona atendimento às vítimas. Desde o seu início já foram atendidas mais de mil crianças”, explica o coordenador do projeto, Franco Bittencourt.

Também participaram do evento a secretária de Educação e Cultura, Doraci Senger Luy, o vereador Pedro Moraes, representando a Câmera Municipal, e o coordenador do Samu, Edson Bruck.

Tagged with:     , , ,

About the author /


Extra

Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Newsletter

ASSINE O EXTRA