Revitalização que deu certo no Cascavelzinho

Na edição impressa 232 desta semana, abordamos o tema do descarte irregular do lixo no Rio Cascavelzinho. Agora o Extra mostra também as ações de revitalização nas margens do rio

Em Guarapuava desde 2004, alguns setores públicos e sociedade organizada estão engajados num projeto de revitalização, desassoreamento e recuperação da mata nativas, às margens do Rio Cascavelzinho.

De acordo com a assessoria de comunicação da prefeitura, na atual gestão diversas ações foram realizadas com objetivo de evitar alagamentos, como também a retirada de algumas famílias que moravam nas áreas de risco.

A Companhia de Serviços Urbanos de Guarapuava (SURG), desde então, está desenvolvendo o Plano de Recuperação de Danos (PRD), com o trabalho de desassoreamento do rio próximo à Vila São Vicente, numa extensão de 4 km.

Melhorias também foram executadas no Rio da Chácara, na Vila Karen e Conradinho. Além disso, outras ações, como tapa-buracos e desobstruções e galerias pluviais. O prefeito Cesar Silvestri Filho (PPS) lembra que após as enchentes de 2014, que trouxe muita destruição naquela região, foi iniciado um trabalho de desassoreamento do Rio Cascavelzinho, que exigiu um esforço em conjunto com a prefeitura, o estado e a comunidade.

“Outra obra importante que temos que destacar foi revitalização da avenida Aragão de Mattos Leão. Uma obra que era reivindicada há anos pela comunidade local”, ressaltou Cesar Filho.

Argumentando que na sua gestão já foram realocadas 178 famílias após a enchente. Outras 203 famílias estão cadastradas para receberem lotes no bairro São Vicente e 28 famílias na Vila Carli. “Ao todo são mais de R$10 milhões de investimentos da prefeitura de Guarapuava. Num trabalho que é constante e contínuo”, frisou.

Respeito ao Meio Ambiente

Campanha da Fraternidade 2017, que teve início em todo Brasil, tem como objetivo de alertar a necessidade do respeitar o meio ambiente, em especial, os biomas brasileiros. As ações pela revitalização do Rio Cascavelzinho também partir de uma campanha motivada pela Igreja Católica.

“O bem ou mal que fazemos ao nosso redor, vai refletir nas pessoas mais distantes. Isso é o meio ambiente, onde cada um precisa fazer a sua parte diariamente”, comentou o Arcebispo da Catedral de Aparecida, Dom Orlando Brandes. A Campanha da Fraternidade é marcada pelo empenho de todos em favor da solidariedade e fraternidade, abordando temas atuais, que a cada ano propõe uma transformação social, partindo das comunidades, seja ela em desafios sociais, econômicos, culturais e até mesmo religiosos. Nos convidando a vivenciar três momentos de fé: ver, julgar e agir, conclui o religioso.

Tagged with:     , , , , ,

About the author /


Extra

Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Newsletter

ASSINE O EXTRA