Famílias receberão capacitação para acolher crianças e adolescentes em Guarapuava

Essa é a primeira fase do Programa Familia Acolhedora, implantado no município no inicio desse ano

O programa Família Acolhedora cadastra e capacita famílias para receberem em suas casas, por período determinado, crianças, adolescentes ou grupos de irmãos em situação de risco pessoal e social. Guarapuava hoje possui cerca de 90 crianças e adolescentes nas casas lares da Fundação Proteger.  Para que elas possam viver em um ambiente familiar e acolhedor é que o programa nasceu. Lançado no início deste ano, o Família Acolhedora já cadastrou várias famílias em Guarapuava e no dia 19 de agosto será realizada a capacitação para os interessados em participar. “Até esta data ainda receberemos inscrições de pessoas que querem participar desta iniciativa que é tão significativa para as crianças e adolescentes e também para as famílias”, comentou a Coordenadora do Família Acolhedora, Lidiane Andrade.

Os interessados em se inscrever no Família Acolhedora devem entrar em contato com a Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social para realizar o cadastro. Para participar, é preciso ter no mínimo 21 anos, sem restrição de sexo e estado civil, não estar inscrito no Cadastro Nacional de Adoção, residir no mínimo há um ano em Guarapuava, participar do processo de habilitação e das atividades do serviço e parecer psicossocial favorável, expedido pelo Serviço de Acolhimento em Família Acolhedora. A seleção das famílias inscritas é feita através do estudo e análise de documentação. As famílias selecionadas assinam um termo de adesão que será homologado pelo Juízo da Vara da Infância e Juventude. ​

 

Da Redação, com Assessoria.

Tagged with:     , ,

About the author /


Extra

Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Newsletter

ASSINE O EXTRA