Famílias ainda podem participar de capacitação do Família Acolhedora

Foto: Reprodução

O programa Família Acolhedora cadastra e capacita famílias para receberem em suas casas, por período determinado, crianças, adolescentes ou grupos de irmãos em situação de risco pessoal e social. Guarapuava hoje possui cerca de 90 crianças e adolescentes nas casas lares da Fundação Proteger.  Para que elas possam viver em um ambiente familiar e acolhedor é que o programa nasceu. Lançado no início deste ano, o Família Acolhedora já cadastrou várias famílias em Guarapuava e no dia 26 de agosto será realizada a capacitação para os interessados em participar. “Até esta data ainda receberemos inscrições de pessoas que querem participar da iniciativa. É importante que se o guarapuavano tiver interesse, nos procure o mais rápido possível, assim conseguiremos que mais crianças e adolescentes tenham o convívio familiar, que é tão importante para eles”, destaca o Secretário de Assistência e Desenvolvimento Social, Ari Marcos Bona.

Os interessados em se inscrever no Família Acolhedora devem entrar em contato com a Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social para realizar o cadastro. Para participar, é preciso ter no mínimo 21 anos, sem restrição de sexo ou estado civil, não estar inscrito no Cadastro Nacional de Adoção, residir no mínimo há um ano em Guarapuava, participar do processo de habilitação e das atividades do serviço e parecer psicossocial favorável, expedido pelo Serviço de Acolhimento em Família Acolhedora. A seleção das famílias inscritas é feita através do estudo e análise de documentação. As famílias selecionadas assinam um termo de adesão que será homologado pelo Juízo da Vara da Infância e Juventude.

 

Tagged with:     , , , ,

About the author /


Extra

Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Newsletter

ASSINE O EXTRA