“O Brasil é um navio à deriva e sem projetos para o agronegócio”, diz Miguel Daoud

FOTO: João Muniz

Sindicato Rural promoveu palestra com perspectivas políticas e econômicas para agricultura

Numa linha de crítica a atual política de governo, o jornalista Miguel Daoud, falou para cerca de 230 pessoas sobre o cenário de super safra e a rentabilidade que não tem ajudado o setor agrícola.

Graduado na Escola Superior de Administração de Negócios pela Universidade Católica de São Paulo (PUC), apresentador do Canal Rural, analista financeiro e participante de programas da Rede Globo, Globo News, Cultura, Bandeirantes, Band News e nas Rádios Jovem Pan e Capital, ele veio a Guarapuava a convite do Sindicato Rural, dentro da agenda técnica da Expogua. “O Brasil não tem um projeto, para nenhum setor, está sendo um barco à deriva. Precisamos continuar insistindo que o país tenha projeto para o setor agrícola”, avalia.

Na sua opinião, enquanto países de 1º mundo tem o setor agropecuário sendo tratado como questão de segurança nacional, aqui os representantes no Congresso Nacional estão preocupados em governar pela causa própria. “O Ministério da Agricultura tem instrumentos que poderia ajudar na agricultura, mas isso não é prioridade para eles”, lamentou Daoud.

Funrural
Miguel disse em entrevista à imprensa que estão cometendo mais uma injustiça com o produtor rural, quando divulgam que o governo federal teria perdoado dívidas dos agricultores com o Funrural. “Esse imposto já foi considerado no passado pelo Supremo Tribunal Federal, como inconstitucional. Portando não deveria existir essa dívida”, frisou.

De acordo com ele o Paraná está sendo referência para o país por possuir uma infraestrutura mínima de escoamento de safra e excelentes índices de produtividade de grãos. “O Paraná possui uma situação privilegiada, mas é preciso unir forças com os demais para propor uma oferta de preços de acordo com a demanda. Não adianta produzir bastante e não ter a rentabilidade necessária”, reiterou.

Tagged with:     , ,

About the author /


Extra

Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Newsletter

ASSINE O EXTRA